Saúde ocular na terceira idade: saiba quais as doenças mais comuns

0 26

Você cuida da saúde dos seus olhos? A pergunta pode parecer estranha, mas o fato é que nem todas as pessoas costumam manter cautelas com a visão no dia a dia. Ou, só buscam por cuidados e tratamento quando enfermidades afetam o local, como conjuntivite, terçol, irritação, vermelhidão, ardência ou outras anomalias acometem os olhos como, miopia e astigmatismo.

A incidência de doenças que afetam os olhos são mais comuns na terceira idade, porque na medida que o corpo envelhece, a visão também  envelhece. Entretanto, é a partir da faixa etária dos 40 anos que as primeiras doenças começam a aparecer. Uma das mais comuns é a presbiopia (vista cansada), originada pela diminuição da força muscular e endurecimento da lente que causa foco para a visão de perto. Esse problema pode ficar ainda pior com o avançar da idade. Diante disso, pode indicar o aparecimento de outras doenças como catarata e glaucoma.

Doenças mais comuns

Glaucoma: é uma doença do nervo óptico. Ela é caracterizada por uma tríade de pressão alta dos olhos com perda de sensibilidade do nervo ótico e perda do campo visual. Ou seja, os olhos fabricam um líquido denominado humor aquoso e este fica na parte posterior do olho. Ele atua aumentando a lubrificação dos olhos. Porém, quando algo causa um bloqueio do fluxo do fluído, a pressão ocular fica elevada e, com isso, causa danos ao nervo óptico, podendo levar à cegueira.

Retinopatia diabética: pessoas que foram detectadas com diabetes a mais de cinco anos devem passar no oftalmologista com certa frequência, pois a doença pode causar algumas alterações nos vasos sanguíneos da visão.

Degeneração macular relacionada à idade (DMRI): é caracterizada pelo surgimento de pequenas manchinhas no fundo do olho denominadas de drusas. Essa doença é a maior causadora de cegueira em idosos ao redor do mundo.

Catarata: é uma lesão ocular que afeta e torna opaco o cristalino, lente situada atrás da íris que permite que os raios de luz atravessem e alcancem a retina para formar a imagem. Essa doença é caracterizada pela dificuldade para enxergar com nitidez e, dependendo da evolução do quadro, o idoso pode começar a enxergar apenas vultos.

Dicas para cuidar da saúde ocular:

– Evite comprar óculos de grau em lojas não especializadas e, claro, sem a recomendação do médico;

– Se usar lentes de contato, nunca higienize com água da torneira, pois as impurezas da água contaminam as lentes e podem causar infecções sérias na córnea. O ideal é usar água filtrada;

– Evite passar as mãos sujas nos olhos;

– Jamais durma com lentes de contato porque elas impedem a respiração da córnea;

– Não mergulhe com os olhos abertos na piscina ou no mar deixa, pois os olhos ficam expostos à uma série de bactérias, que podem causar infecções;

– Faça consultas regulares ao oftalmologista.