População brasileira cada vez mais idosa

0

Dados recentes do IBGE mostram o significativo e acelerado envelhecimento da população brasileira, com a expectativa de vida podendo atingir os 80 anos em menos de uma década em alguns Estados. O aumento da idade dos brasileiros pode modificar políticas públicas e privadas e também impulsionar novos serviços voltados para atender a terceira idade, como a teleassistência.

Dados atualizados divulgados pelo IBGE, no final do último mês de agosto, sobre projeções demográficas para o Brasil nas próximas décadas, mostraram que a expectativa de vida geral ao nascer deve atingir 80 anos em 2041, chegando em 81,2 anos em 2060. Para as mulheres este índice pode chegar a 84,4 anos, e para os homens 78,5 anos, um ganho de 6,7 anos médios de vida para a população masculina e 5,9 anos para a feminina. A expectativa de vida atual no Brasil é de 71,3 anos para homens e 78,5 para mulheres.

Entre os Estados, Santa Catarina é o que tem melhor esperança de vida, devendo atingir o índice de 80 anos já em 2020, ou seja, em cerca de sete anos. Em contrapartida, o Maranhão deve ser o estado com esperança de vida mais baixa – 71,7 anos, podendo atingir 74 anos em 2030.

De qualquer maneira, os dados comprovam o significativo e acelerado envelhecimento da população brasileira. Em 2027, o estado do Rio Grande do Sul já deve ter um número maior de idosos do que de crianças. Em 2060, o percentual da população com 65 anos ou mais de idade será de 26,8%, enquanto em 2013 esse percentual é de 7,4%.

       

O envelhecimento da população pode modificar políticas públicas e privadas para a população e também impulsionar novos serviços voltados para atender a terceira idade, como a teleassistência, serviço já consolidado no exterior, principalmente em países com população idosa prevalecente. No Brasil não há dados precisos sobre o setor, contudo, a empresa pioneira em teleassistência no Brasil, a Telehelp, criada em 2006, está presente em todas as regiões do país.

A teleassistência é motivo, inclusive, de debate governamental, que busca opções para oferecer mais qualidade de vida e independência para a população idosa. Na cidade catarinense de Joinville, a prefeitura oferece o serviço da Telehelp para os moradores idosos de baixa renda.

O pedido de ajuda, através do serviço da TeleHelp, é feito por meio de um botão de emergência de uso pessoal, conectado a uma Central de Atendimento 24h. Em caso de queda, mal estar, ou outra necessidade, basta acionar este botão, que pode ser usado como um relógio ou um colar, que imediatamente uma atendente irá entrar em contato pelo sistema de viva voz do aparelho instalado na residência, e solicitar ajuda aos familiares do cliente. Um serviço que possibilita que os idosos possam viver sozinhos, porém, com mais segurança e tranquilidade.

banner_telehelp_1

 

COMENTE COM OS AMIGOS DO SITE:
Use a caixa de comentários abaixo para trocar idéias com os leitores do site. Muitas pessoas podem interagir com você.

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.