Melhor Pomada para Afta: Veja nosso guia!

0 1.395

Qualquer um que já tenha tido aftas, pelo menos uma vez, sabe o quanto isso pode ser incômodo e bastante desagradável. Embora pequenas, essas feridas na boca causam dor, afetam a ingestão de alimentos e a mastigação, podendo até prejudicar a fala. Apesar de serem muito comuns, o seu aparecimento pode ter inúmeras razões. Normalmente, as aftas desaparecem sozinhas, da mesma forma que surgem. No entanto, são muitos os tipos de tratamentos diferentes para afta. Como por exemplo, o tratamento com pomada para afta e outras soluções caseiras para aliviar as dores e o incômodo.

Neste artigo, vamos explicar o que é afta e porque elas costumam aparecer. Além disso, vamos determinar quais os principais sintomas e causas, grupos de riscos e ainda indicar os melhores tratamentos para se livrar dela.

Afta: O que é?

pomada para afta: língua com aftas
Pomada para afta: as aftas são lesões superficiais, não contagiosas causadas por fungos na região da boca.

Aftas são pequenas lesões orais ou úlceras de carácter benigno, não contagiosas e superficiais que se apresentam de forma única ou múltipla. As feridas tem aspecto redondo ou ovalado cobertas por uma membrana branco-amarelada envoltas por uma mancha avermelhada.

Normalmente, aparecem na língua, no céu da boca ou nas paredes internas da boca, podendo também surgir em qualquer ponto da cavidade bucal, até mesmo nos lábios do lado de fora da boca por conta de traumas na região.

Também conhecida por estomatite aftosa recorrente, a afta pode ocorrer em qualquer pessoa, de qualquer idade, mas normalmente afeta principalmente mulheres por conta de influências hormonais e crianças pequenas. A afta costuma provocar dor e desconforto, dificultam a fala e a alimentação. No entanto, costumam desaparecer naturalmente em algumas semanas dependendo da profundidade da lesão, sem deixar cicatrizes.

Vários fatores podem contribuir para para o seu aparecimento, como alergias, predisposição genética, estresse e alteração nutricional. O problema é que a afta pode estar associada ou indicar alguns problemas na saúde bucal. Além disso, pode até ser confundida com outras doenças, como herpes ou algo muito mais sério como câncer, principalmente se a pessoa for fumante.

Tipos de aftas

pomada para afta: lábio superior com afta
Pomada para afta: a estomatite aftosa menor é o tipo de afta mais comum entre as pessoas.

As aftas podem ter duas origens diferentes, elas podem ser aftas traumáticas ou alérgicas. Aftas traumáticas ocorrem devido a trauma mecânico, como por exemplo lesão por uma prótese dentária que não está adaptada corretamente, uma mordida nas paredes da boca, etc. Já as aftas alérgicas ocorrem devido alguma reação alérgica a um medicamento ou alimento. As aftas podem ser de três tipos:

Estomatite aftosa menor

A estomatite aftosa menor é a forma mais comum de afta que costuma afetar mais de 80% das pessoas. Apesar de incômodas e causar dor, geralmente, essas feridas são pequenas e possuem menos de 1 centímetro de diâmetro. Assim, costumam cicatrizar em pouco tempo, cerca de uma semana, e não deixam cicatrizes.

Estomatite Aftosa Maior

A estomatite aftosa maior é uma forma mais grave de afta que afeta aproximadamente 15% das pessoas. Neste tipo, as feridas geralmente duram duas semanas ou mais e possuem mais de 1 centímetro de diâmetro. Normalmente, são extremamente dolorosas, e muitas vezes deixam cicatrizes.

Estomatite Aftosa Herpetiforme

A estomatite aftosa herpetiforme é o tipo de afta menos comum que costuma afetar menos de 5% das pessoas. Normalmente, ocorrem como aglomerados de úlceras muito pequenas com menos de um milímetro, que às vezes se fundem formando úlceras maiores. Nestes casos, surgem também pequenos linfonodos no pescoço, como ínguas. E em alguns casos os sintomas incluem febre baixa e mal estar, sendo que as úlceras se vão com um pouco mais de uma semana.

       

Causas da afta

pomada para afta:afta no labio superior
Pomada para afta: São várias as causas da afta na boca, mas a deficiência imunológica é uma das principais.

As aftas costumam ter diversas causas diferentes e podem estar associadas à um desequilíbrio do sistema imunológico ou hormonal, trauma local ou poucas horas de sono. Além disso, podem também estar ligadas a vírus e fungos que se instalam na boca, ou estresse psicológico. No entanto, tudo isso pode ainda não ser as únicas causas da doença.

A afta pode aparecer por conta do uso de certos medicamentos, alergias à alguns alimentos como nozes, canela, tomate, café, refrigerantes e frutas cítricas, assim como a ingestão deles em excesso ou até mesmo a deficiência de alguns nutrientes. Algumas doenças também podem estar associadas ao seu aparecimentos, são elas:

HIV/Aids

O vírus do HIV que leva à Aids, ataca diretamente o sistema imunológico. Portanto pacientes infectados com o vírus ficam mais suscetíveis ao surgimento de aftas. Além disso, essas erupções na bola e na pele pelo corpo inteiro costumam ser um dos primeiros sinais de HIV no organismo.

Câncer

Pacientes com câncer também costumam ficar com a imunidade baixa, principalmente por conta de tratamentos para o combate da doença como radioterapia e quimioterapia. Assim, são comuns o aparecimento de aftas pela boca.

Diabetes

Pessoas que sofrem de diabetes que não costumam se tratar adequadamente ou não controlar a doença, acabam sendo mais propícias ao aparecimento da afta devido a concentração de açúcar na saliva, que encoraja o crescimento do fungo.

Infecções vaginais

O mesmo fungo causador da afta também é responsável por algumas infecções vaginais. Apesar de não ser muito grave, neste caso a infecção pode causar problemas mais sérios à mulheres grávidas, que podem transmitir a doença ao bebê durante o parto.

Distúrbio gastrointestinal

O distúrbio gastrointestinal conhecido por doença celíaca ou intolerância ao glúten, a proteína encontrada no trigo e em outros grãos como centeio e cevada. A intolerância induz o sistema imunológico do paciente a atacar o intestino delgado na presença de glúten, podendo causar aftas na boca, desconforto e danos de longo prazo ao revestimento do intestino, impedindo a absorção de vários nutrientes presentes na alimentação.

Além dessas doenças, outros fatores podem desencadear o surgimento das aftas:

  • Próteses ou aparelhos bucais;
  • Anemia;
  • Uso de medicamentos que comprometem a imunidade, como alguns antibióticos e corticosteróides;
  • Histórico familiar;
  • Estresse emocional;
  • Deficiência de ferro, vitamina B12 e ácido fólico;
  • Período menstrual;
  • Mudanças hormonais;
  • Alergias a alimentos;
  • Ingestão em excesso de alimentos ácidos;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • Mordidas por mastigação errada;
  • Cigarro;
  • Pastas de dentes com sódio-lauril-sulfato.

Vale ressaltar que a falta ou má higiene oral pode levar a vários problemas na boca, como doenças na gengiva, cárie, halitose, candidíase, dentre outros. Contudo, a falta de higiene não está diretamente relacionada ao surgimento de aftas.

Sintomas de Afta

pomada para afta: pessoa com afta na gengiva inferior
Pomada para afta: o principal sintoma da afta é a dor

O principal sintoma da afta além das feridas esbranquiçadas envoltas de manchas vermelhas na boca, é a dor. Normalmente, essas feridas são abertas e podem ser profundas, ardendo com frequência em contato com alimentos quentes, ácidos ou cítricos.

Outros sintomas frequentes:

  • Leve sangramento na região da afta;
  • Vermelhidão e ressecamento da região lateral da boca;
  • Perda do paladar.

Sintomas menos comuns incluem:

  • Febre;
  • Indisposição;
  • Inchaço nos linfonodos.

*Casos mais graves de afta apresentam lesões espalhadas pelo esôfago, causando dificuldade para engolir e a sensação de comida presa na garganta. Bebês com aftas costumam ter dificuldade na alimentação, irritação e incômodo.

Diagnóstico e exames em caso de aftas

Normalmente o diagnóstico é feito por um clínico geral, odontologista ou gastroenterologista. As aftas não são casos graves para uma consulta médica à não ser que ela esteja associada à doenças pré existentes, seja recorrente o seu aparecimento e o desconforto e dor sejam muito grandes. Além disso, alguns casos podem apresentar sintomas mais sérios, assim consulte o seu médico se estiver apresentando:

  • Feridas muito grandes;
  • Feridas recorrentes, que se desenvolvem antes que as antigas se curem, ou frequentes surtos;
  • Feridas persistentes, com duração de duas semanas ou mais;
  • Feridas que se estendem até os próprios lábios (borda vermelha);
  • Dor incontroláveis mesmo tomando alguns cuidados;
  • Dificuldade de ingerir alimentos sólidos ou líquidos;
  • Febre alta;
  • Consulte o seu dentista, caso tiver superfícies dos dentes pontiagudas ou aparelhos dentários que costumam provocar essas feridas.

Durante a consulta médica estar preparado para responder às perguntas do médico é fundamental para facilitar o diagnóstico. Tenha informações com relação a todos os sintomas e de quando apareceram. Assim como histórico médico que possa incluir outras condições de saúde, medicamentos de uso constante ou suplementos regulares.

Provavelmente, o seu médico fará uma série de perguntas e um exame físico para observação de todos os sintomas. Caso haja necessidade, outros exames, como uma biópsia ou exame de sangue, podem ser pedidos para afastar qualquer dúvida ou problemas mais graves associado à aftas.

Tratamentos para aftas

pomada para fta: mulher mostrando a língua sadia
Pomada para afta: Não existe um tratamento único para afta, mas as pomadas cicatrizantes são eficazes.

Na maioria dos casos, nenhum tratamento é necessário tratamento, pois a afta costuma desaparecer sozinha. Principalmente se for um caso de estomatite aftosa menor. No entanto, pode-se fazer uso tanto de tratamentos caseiros como tratamentos médicos focando no alívio da dor e na rápida cicatrização das feridas.

Dependendo da profundidade da afta, quantidade e o local onde ela se encontra, isso pode dificultar o processo de cicatrização e demorar um pouco mais para curar. Infelizmente, ainda não existe no mercado nenhuma receita ou medicamento capaz de curar aftas a curto prazo.

Normalmente, os tratamentos caseiros consistem na aplicação de soluções e misturas caseiras para bochechar ou aplicar diretamente na ferida. Já os tratamentos médicos consistem na prescrição de pomada para afta para reduzir a inflamação e a dor, e cicatrizar a ferida mais rapidamente. Outra alternativa é o tratamento com laser de baixa potência, além de medicamentos antifúngicos.

Tratamentos caseiros para afta:

Existem muitas receitas de tratamentos caseiros disponíveis na internet. É o caso dos bochechos com soluções feitas em casa e as misturas para aplicar diretamente nas feridas.

Bochechos

Os bochechos podem ser feitos com uma solução de extrato de própolis ou de camomila para reduzir a inflamação. Uma outra alternativa é fazer uma solução com uma colher de leite de magnésia ou bicarbonato de sódio diluído em um copo de água. Bochechos com anti séptico bucal também pode ajudar.

Aplicações

Você pode fazer uma aplicação direta na ferida com uma pasta feita de bicarbonato de sódio e água morna. Outra alternativa é diluir a água oxigenada 10 volumes em água comum e aplicar com cotonete diretamente na afta.

Tratamentos médicos para afta:

É sempre bom lembrar que somente o médico pode prescrever os medicamentos mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Em casos de tratamentos médicos, siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique.

É importante também não interromper o uso do medicamento antes do prazo e sem consulta prévia com médico. Além disso, antes de tomá-lo, siga as instruções na bula. Os medicamentos mais usados para o tratamento de afta são:

Laserterapia

Geralmente, o procedimento com laser é feito em duas aplicações a cada 48 horas. Caso seja necessário, repete-se o procedimento com mais sessões a cada 48 horas até que a remoção da lesão esteja completa.

Medicamentos antifúngicos

Normalmente, os medicamentos antifúngicos são prescritos para crianças e mães que também tenham contraído a infecção na região dos seios, através da amamentação. É comum o aparecimento das aftas nos bês e crianças pequenas devido ao fato deles levarem constantemente coisas à boca. O pediatra irá receitar medicamentos antifúngicos para o bebê e outro para a mãe.

O tratamento para adultos com imunidade baixa também pode ser feito via antifúngicos. No entanto, eles podem não fazer efeito, principalmente em casos de pacientes no último estágio da ação do vírus do HIV, em que o fungo causador da afta torna-se resistente à ação do medicamento. Nesses casos, o médico poderá receitar anfotericina B para exterminar de vez o fungo da boca do paciente.

É bom lembrar que alguns medicamentos antifúngicos podem causar danos ao fígado. Por isso, alguns exames de sangue para monitorar o estado do fígado do paciente são necessários. Principalmente se o tratamento for de longa duração, e se o paciente tiver histórico de problemas no fígado.

Medicamentos antiséptico e anestésico

Os medicamentos antisépticos e anestésicos podem ser tanto de uso oral como tópico, em forma de gel, spray para afta (hexomedine) ou pomada para afta. Todos eles têm como objetivo ajudar a diminuir a dor, facilitar o processo de cicatrização da ferida e eliminar as bactérias que se desenvolvem na mucosa oral, como lábios, língua e garganta.

Efeito Remédios Exemplos
Corticóide Fluocinonida; Clobetasol; Triancinolona; Omcilon
Anti-inflamatório Amlexanox Aftaid
Antibiótico Sulfato de neomicina; Tartarato de Bismuto; Tirotricina. Bismu Jet; Amidalin.
Agentes cicatrizantes Policresuleno Albocresil
Anestésicos locais Cincocaína; Procaína; Benzocaína. Bismu Jet; Amidalin.

Melhor pomada para afta

A pomada para afta anestésica é indicada para aliviar a dor insuportável e acelerar o processo de cicatrização. No entanto, existe uma grande diferença entre tipos de pomada para afta: pomada para afta anestésica (mais indicada para dor) e pomada para afta com corticoides e anti-inflamatórios (mais indicadas para cicatrização). As melhores pomadas para afta que costuma ser mais indicadas são:

1 – Pomada para afta: Omcilon-a Orobase

Omcilon-a Orobase é uma pomada para afta muito indicada devido a sua ação antiinflamatória, antipruriginosa e antialérgica. Sua fórmula contém ingredientes que combatem as lesões, aliviam os sintomas das aftas, entre eles: acetonida de triancinolona, pectina, óleo mineral e carboximetilcelulose. Recomenda-se aplicar uma pequena quantidade sobre a lesão, de 2 a 3 vezes por dia, por 7 dias.

2 – Pomada para afta: Ad-Muc

Ad-Muc é uma pomada para afta bastante recomendada também para o tratamento da gengiva e da mucosa oral para o combate de gengivites, estomatites e outras inflamações na boca.

3 – Pomada para afta: Albocresil

Albocresil é uma pomada para afta cicatrizante, muito indicada para tratamento tópico de inflamações e infecções, que ajuda a recuperar a membrana mucosa oral e das gengivas rapidamente.

4 – Pomada para afta: Bismu Jet

O Bismu Jet não é uma pomada para afta, mas um medicamento antibiótico de uso tópico, em forma de gotas, que ajuda tratar afecções bucais e impede o crescimento de bactérias. Devido a sua ação analgésica, ajuda a aliviar a dor na região lesionada. A sua fórmula contém sulfato de neomicina, tartarato de bismuto e sódio e cloridrato de procaína.

5 – Pomada para afta: Amlexanox

O Amlexanox é um dos melhores remédios contra aftas e é vendido como pomada para afta sob os nomes Aphthasol ou Aftaid. A pomada para afta tem ação anti inflamatória muito eficaz no processo de cicatrização e alívio da dor. Recomenda-se usar 4 vezes ao dia sempre após realizar as refeições, durante 7 dias.

6 – Pomada Para Afta: Acetonido de Triancinolona

A pomada para afta Acetonido de Triancinolona possui ação anti-inflamatória, pois atua com ação imediata sobre a cicatrização da ferida. Recomenda-se o uso da pomada para afta no período noturno.

Prognóstico e possíveis complicações

A afta não é uma condição de saúde considerada grave, e normalmente desaparecem sozinhas. Em geral, a dor diminui em poucos dias, e o seu tratamento também costuma ser bem-sucedido se seguido corretamente.

No entanto, é possível que o seu surgimento seja recorrente, e volte a acontecer. Principalmente se você for exposta novamente aos fatores de risco ou possui sistema imunológico comprometido. Nestes casos, as aftas podem desenvolver para complicações mais graves:

  • Espalhamento de aftas pelo corpo, incluindo o trato digestivo, pulmão e fígado;
  • Agravamento dos sintomas na boca e no esôfago, provocando dor e dificultando a ingestão de alimentos.

Prevenção de aftas

Para ajudar no alívio da dor e futuramente prevenir o surgimento da afta, considere tomar as seguintes medidas:

  • Mantenha uma higiene bucal saudável;
  • Consuma iogurtes que contenham lactobacilos vivos;
  • Vá ao dentista regularmente;
  • Cuidado com a alimentação;
  • Evite o consumo exacerbado de açúcar;
  • Evite alimentos duros;
  • Não mastigue objetos que possam traumatizar a mucosa;
  • Evite alimentos ácidos, refrigerantes, salgados apimentados, café e chocolates em excesso;
  • Comer folhas verdes escuras;
  • Dormir bem.

Recomendados Para Você:

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.