O jeito manso inesquecível

0

Durante o mês de abril, o país festejará o centenário de um artista consagrado da música popular brasileira, Dorival Caymmi, que propagou o jeito baiano de ser e viver, cantando as belezas e as histórias da sua terra e as dores de amores, com músicas populares inesquecíveis. Caymmi completaria 100 anos no dia 30 de abril, o compositor faleceu em agosto de 2008, aos 94 anos.

Além das belas canções que deixou, Dorival Caymmi também foi influência para muitos compositores e cantores de sucesso, como João Gilberto e Chico Buarque de Holanda, fã confesso do baiano. A vocação artística de Caymmi estendia-se também à pintura.

A estreia de Caymmi foi justamente com uma das músicas mais conhecidas do cancioneiro popular, O que é que a baiana Tem, durante um programa na Rádio Tupi, no Rio de Janeiro, em 1938. A canção foi imortalizada por Carmem Miranda no filme Banana da Terra, no mesmo ano.

       

Os temas praieiros, os pescadores e os encantos da Bahia foram suas principais fontes de inspiração durante os 70 anos de carreira. Entre as músicas mais conhecidas do compositor, cantadas por ele e dezenas de intérpretes, está Maracangalha, Suíte de pescadores, Não tem solução, Marina, Oração para Mãe Menininha, Lá vem a baiana, entre outros clássicos.

banner_telehelp_1

 

 

COMENTE COM OS AMIGOS DO SITE:
Use a caixa de comentários abaixo para trocar idéias com os leitores do site. Muitas pessoas podem interagir com você.

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.