Intolerância à lactose na terceira idade: 3 coisas para deixar o seu dia mais leve

0 2.143

Com o passar dos anos, é normal que o nosso corpo já não se comporte do mesmo jeito. Um desses sinais pode ser a deficiência na produção de lactase – uma enzima que é necessária para digerir o leite e seus derivados.

Quando há a falta dessa enzima, a intolerância à lactose é uma das prováveis consequências disso. Nem todo mundo sabe dessa possibilidade e acaba deixando de consumir o leite e seus derivados, que são fontes de vitaminas necessárias para o nosso corpo.

Podemos considerar a deficiência na produção da lactase o motivo para diversos desconfortos gastrointestinais depois de consumir leite e derivados. Um problema que afeta boa parte dos idosos, mas que pode ser facilmente contornado com o consumo de Leite Camponesa Zero Lactose. Você descomplica o seu dia a dia e ainda melhora o seu bem-estar. Confira três curiosidades sobre a intolerância à lactose:

1. Intolerância à lactose na terceira idade é normal? Sim. Com o avançar da idade, é natural que haja um declínio na produção da enzima lactase pelo organismo humano, responsável pela quebra da lactose. Isso também pode ocorrer em função de eventuais lesões no intestino. No Brasil, cerca de 70% dos adultos têm apresentado algum grau de intolerância.

2. Leite para intolerantes, benefício para todos. O leite zero lactose é um leite muito mais leve e de fácil digestão. O motivo é simples: no processo produtivo, é adicionada ao leite a enzima lactase, a mesma enzima que o organismo deveria produzir para a digestão do próprio leite – com a função de quebrar a lactose, o açúcar dele. Nesse processo, o leite permanece com todas as suas propriedades nutricionais e com sabor levemente adocicado, mas sem adição de açúcar. Os diabéticos podem consumir preferencialmente sob a orientação de um médico, pois contém glicose. O Camponesa Zero Lactose é um leite saudável para todos. Além de rico em vitaminas, também tem um baixo teor de gordura – por ser semidesnatado. Por todas essas qualidades, o leite zero lactose está sendo consumido até por pessoas que não apresentam intolerância, mas que sempre buscam uma vida mais saudável.

3. Tendência em alta.
Produtos com benefícios específicos vêm cada vez mais garantindo um espaço nas gôndolas e nas mesas dos consumidores. Uma tendência que se verifica não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Alimentos orgânicos, diet, light, sem glúten, com baixa ou sem lactose vêm ganhando a preferência das pessoas – o que se verifica tanto no mix em oferta nas prateleiras quanto nos ganhos contabilizados no comércio.

       

O mercado mundial de produtos lácteos sem lactose, por exemplo, aumenta a cada ano. A Europa lidera o consumo global, mas, apesar das diferenças culturais de cada região, é possível detectar pontos em comum entre os consumidores:

• Boa parte da população mundial sofre com o sobrepeso e o sedentarismo.

• Estimulados a mudar os hábitos alimentares, os consumidores eliminam da dieta várias categorias de produtos tidos como “não saudáveis”.

• Pessoas com algum problema de saúde costumam ter uma dieta mais restrita, optando por consumir alimentos funcionais e/ou com benefícios específicos.

leite-camponesa-intolerancia-lactose

Recomendados Para Você:

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você sabe o que é um Cuidador Familiar?

Clique no botão abaixo para fazer parte de uma rede de suporte entre famílias e profissionais
EU QUERO!
Fique tranquilo, não enviamos spam!
close-link