Envelhecimento: o mundo de hoje para quem chega aos 80

uma experiência nunca imaginada...

0 551

Viver até os 80 anos ou mais é uma novidade surpreendente para muitos. O envelhecimento é esta surpresa. Pois nunca se imagina em viver tanto e tão pouco temos referências de “como é ser um ser humano de 80”. E mais: como se adaptar a um mundo rápido demais, diferente demais, numa fase da vida onde precisa desacelerar para “curtir”. Sim! Porque não?

E foi isso que me fez investir horas em uma conversa maravilhosa com uma senhora, com mais de 80, trajes tradicionais e bem senhoris, empresária com escritório adaptado em sua casa (uma empresa gigante e renomada no cenário nacional) e muito bem humorada e cheia de energia.

vovo

O que deve ser ter 80 anos hoje em dia

Em um novembro desses conheci Dona Helena que dizia sobre “a era dos valores mudados”, tudo de ponta cabeça! Suas considerações realmente pareciam ser muito sérias.

“E pra utilizar um serviço público? Um horror! Você chega na atendende e faz uma pergunta, ela pede pra você ir na internet. Tudo agora está assim. Eu nasci no século 20, fui criada no século 20, criei meus filhos no século 20 e agora de repente tenho que me ajustar às demandas do século 21 obrigatoriamente?

Percebi que seu clamor é o de muitos. Trata-se do envelhecimento como se é. Pessoas que nasceram nas 3 primeiras décadas do século passado e fazem parte de um boom tecnológico, que mudou muita coisa em nossas vidas, repentinamente!

Mundo Incontrolável

Há um tempo atrás a informação vinha a cavalo. Imagina? Quando você ficava sabendo que fulana estava grávida, ela já havia ganhado o menino há 3 meses!

Então nosso mundinho era pequeno e controlável. Tudo que precisávamos saber estava ali, sob nossos olhos. Nada mais do que a educação dos filhos, os períodos de plantio, situações familiares, e no mais estourar, informações sobre a vida de nossos vizinhos e os preços da venda.

As cartas eram lindas, poéticas, e não tinham gírias, nem palavras abreviadas. E o que fizemos com o nosso tempo?  5 minutos hoje é muita coisa e é coisa nenhuma.

Sim! Pra ouvir as crianças 5 minutos, podem ser muita coisa, mas pra tirar um cochilo não é nada! Essa era uma das grandes queixas de dona Maria Helena.

A tecnologia revolucionou nossa comunicação e nos fez compulsivos por informação. Revolucionou nossos costumes, a música, a moda.  Esses aspectos criaram impacto na vida dos longevos atuais. Antigos num mundo tão moderno. Saudosos de uma época que não volta, tentando se encaixar nas falas, nos horários, nas filas, nas demandas sociais.

O envelhecimento agora é parte consciente da vida de muitos de nós!

Risco de adoecer…

Refletindo assim, é até compreensível quando muitos se afastam da vida social ou tornam-se trancados em seu mundo. Mas tais comportamentos podem gerar doenças.

Então como se manter saudável com 80 anos em pleno século 21? Dona Maria Helena, que não é nem um pouco depressiva, também deu a dica: “sabe, pra eu aceitar viver num mundo tão perdido, tão trocado de valores, tão cheio de comunicação e ao mesmo tempo incomunicável entendi que só posso ter um tipo de missão. É isso! Eu tenho uma missão a cumprir: relatar para os mais novos que a vida é bem mais bonita e as pessoas podem ter muito mais amor umas pelas outras, e que podem contemplar mais sem perder tempo algum, podem conversar mais sentindo confiança e fraternidade uns pelos outros. Por isso não me canso de escrever cartas, de conhecer pessoas, de corrigir os erros e de encontrar felicidade de verdade no meu dia a dia.”

clique na imagem para saber mais

Dona Helena me faz repensar como praticar mais a gentileza, perdão, cooperação e respeito. E que isso se tornará real quando muitos compreenderem que esta é uma ação individual e que não precisa de tempo algum, independente da idade que se tenha.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.