Atitudes e Pensamentos Positivos

Dicas e reflexões para mais felicidade

0 395

Os pensamentos possuem energia metafísica, a qual não pode ser sentida com os órgãos sensoriais, mas com a nossa consciência. Ela é a responsável pelas nossas decisões, escolhas, atitudes e postura perante o mundo.

Consciência é a percepção que se tem da própria existência. E a partir daí, guiamos a vida.

Nossas atitudes dependem muito da qualidade da energia mantida na consciência, que tem haver como percebemos a magia de existir.

 

Confusão, indecisão, pessimismo

 

Sentir-se confuso, indeciso, pessimista e um cansaço inexplicável é sinal de que a conexão com sua consciência (a qual é você mesmo) está desligada, com falhas, interrompida, adormecida. Não há percepção, não há sentido!

Desta forma a percepção para a vida se torna equivocada, contrária ao que a consciência em sua profundidade julga ser “a perfeita maneira de se viver.”

Para a consciência, perfeição representa-se pelo grau de felicidade, motivação e equilíbrio perante às situações que a vida nos oferece.

Relatamos dias perfeitos, encontro perfeito, trabalho perfeito quando experimentamos através deles esta felicidade, encantamento e harmonia.

Ao contrário, adotamos atitudes negativas (competição, crítica, julgamento) ao nos tornamos queixosos, pesarosos, frustrados por não conseguirmos vencer os limites das situações.

Juntamente com tanta demanda externa, obrigações que nem sempre são trocadas por uma boa recompensa e lidar com pessoas de opiniões tão distintas pode ser desanimador.

A palavra desânimo relaciona-se com ânimo (= alma) e portanto “desalmar-se” é a mesma coisa que desanimar-se. Este sentimento negativo sempre aparece perante os desafios ainda não vencidos.

E a repetição do fracasso incentiva uma autoprodução de desânimo.

Com pouco, nos vemos envoltos em nuvens cinzas de pensamentos e sentimentos ruins que vão como pancada em nossa atitude.

Atitude negativa e pensamento negativo adoecem!

Uma pessoa que sempre põe empecilho nas situações, sempre complica mesmo já tendo a solução para um problema, sempre queixa ou “vitimiza-se” dificilmente experimentará prazer na vida.

A falta de prazer é completamente oposta a nossa natureza interna, a qual mesmo sem sermos conscientes disso, deseja felicidade e amor.

E como o ato de viver é regido pela “lei do encontro da felicidade”, o que fazer para tornar as atitudes positivas um hábito diário?

Primeiro, decida ser positivo! Sim, atitude e pensamentos positivos é uma questão de escolha e decisão.

Ou seja, estamos falando de uma força de vontade que alavancará o seu desejo elevado para ser o que realmente combina com sua natureza interna primária: um ser feliz!

Claro que não é tarefa fácil, mas não é impossível. Apenas veja como um desafio interessante, o qual provará para você mesmo suas maiores habilidades.  No momento em que passar por uma situação extremamente desafiadora você as reconhecerá (ou não).

E estas situações fazem parte de nosso dia a dia. Através delas que aprendemos com nossos próprios erros – a maior aprendizagem de todas.

Particularmente, o meu empenho começa por adotar uma visão mais contemplativa das situações. Um empenho com gasto de energia, pois imagine sentimentos, emoções, desejos… tudo envolvido na hora de se adotar uma atitude positiva?

Mas é super possível implementar tal atitude aos poucos, dia após dia, momento após momento.

Temos uma capacidade interna que nos faz ajustar às situações. Acreditar nesta capacidade é outra estratégia fundamental para uma visão positiva.

Imagine esta capacidade em alta performance? Não há situação que te desanime ou de desmotive. Você sempre encontrará uma saída.

Do contrário, não havendo esta flexibilidade sobre as situações, decisões, escolhas, haverá uma perda de controle (de si mesmo) que facilmente o levará no mínimo para um quadro depressivo (pressão sobre a consciência).

Isto acontece devido ao fato de você continuar tendo um “problema sem solução”.

Não ajustar-se às situações por não concordar, por não conseguir controlar e por não gostar dela, não afasta o problema. Apenas aumenta, uma vez que você está se distanciando de mais uma oportunidade de mudar sua visão.

A atitude é como uma estrutura interna do ser. Primeiro temos uma natureza que molda nossa atitude. E então eu expresso esta natureza por meio das ações.

 

Portanto, atitude é um elemento básico e poderoso capaz de direcionar minhas ações. Então, como cuidar desta natureza?

 

Uma atitude positiva requer:

  • Consciência sobre o poder de sua escolha pelo positivo
  • Força de vontade para livrar-se da negatividade
  • Olhar sempre para o lado positivo de tudo
  • Reforçar diariamente a positividade em si

Abaixo seguem algumas dicas para um comportamento positivo através da mudança de suas atitudes e pensamentos:

DIFERENCIE-SE DO MUNDO

 

Cada um de nós é um ser único e exclusivo pois cada um de nós carrega sua própria consciência. Então mantenha o foco nela!

Principalmente na sua verdadeira essência: paz e felicidade.

O que acontecer do lado de fora somente te afetará se você perder a conexão com sua essência verdadeira. E isso acontece sempre, não é?

Mantenha na mente: Sou um ser de paz e portanto sou pacífico perante todas as adversidades

RELACIONE-SE BEM COM SEUS PENSAMENTOS

 

Nossos pensamentos são nossas criações. Portanto… o que você anda criando?

Não culpe os pensamentos. E nem culpe você!

Mantenha na mente: Sou o criador dos meus pensamentos.

MANTENHA BOAS COMPANHIAS

 

O ditado “diga com quem anda que direi quem tu és” de fato nos ajuda a manter a alma em paz e em harmonia com a nossa mais feliz intenção para com a vida.

Portanto verifique se as pessoas ao redor compartilham boas vibrações com você. Caso não… não precisa dizer nada. Afaste-se delicadamente, tipo “à francesa”, entende?

Mantenha na mente: Boas companhias atraem boas vibrações e vice e versa.

VALORIZE SEU TEMPO

 

Quer coisa mais preciosa para a vida do que o tempo?

E olha que acreditamos ser o tempo muito precioso, não porque hoje em dia pessoas não têm tempo.

Mas porque a vida parece ser curta em relação à tamanha capacidade para aprendermos. E fazermos coisas interessantes capazes de ampliar nossa consciência existencial!

Então, não desperdice seu tempo com inutilidades.

       

E para que saiba o que são inutilidades: é tudo aquilo que não te acrescenta em nada para a ampliação de sua percepção maior para com esta sua chance de literalmente VIVER.

Mantenha na mente: Sou mestre do meu tempo e portanto invisto todos os segundos de vida em coisas que me trazem saúde e felicidade.

Fixou essas dicas?  Veja outras:

5 medidas e atitudes para garantir uma vida mais feliz e agradável

 

É importante saber que não basta termos em mente frases de felicidade e amor pela vida. Sabemos que não existe uma fórmula exata para encontrar a felicidade e que ela nem sempre está relacionada com a aquisição de bens materiais.

Porém, algumas medidas tomadas diariamente ajudam qualquer pessoa, independente de cor, sexo ou religião, a ser mais feliz.

No livro denominado The World Book of Happiness, o escritor belga Leo Bormans coletou as descobertas dos maiores especialistas do mundo sobre a psicologia da felicidade (ou psicologia positiva) e listou quais são as medidas a serem tomadas para ser mais feliz todos os dias.

Dentre elas estão aceitar o que se tem. Ou seja, para ser feliz é necessário aproveitar as oportunidades e/ou situação na qual vivenciamos.

Na publicação também aborda que um dos erros mais frequentes é associar a felicidade a algum evento que aconteceu ou que está para acontecer como casamento, nascimento dos filhos, mudança de emprego ou promoção no trabalho.

O ideal, de acordo com o autor, é antes de tudo gostar do que faz, sem necessariamente pensar no retorno que lhe trará – seja esse retorno financeiro ou por destaque. E viver cada momento de uma  vez.

Ou seja, deixar o passado no passado e viver o momento presente intensamente. Confira o que ele diz:

    1. Pense positivamente: pessoas positivas são mais racionais. Além disso, sempre veem um lado bom em algo ou alguém. Para sempre pensar positivamente, especialistas recomendam que, ao passar por uma situação turbulenta, feche os olhos e sorria. Assim, a vida fica mais leve.
    2. Seja você mesmo: é importante nunca esconder quem você é ou o que você pensa, pois acaba provocando um desgaste emocional. Por consequência, esse desgaste sentimentos contrários à felicidade, como tristeza e angústia. O ideal é sempre expor os sentimentos quando necessários e evitar fazer comparações com outras pessoas que são mais espontâneas ou naturais.
    3. Faça o bem: independente de ser para pessoas próximas ou desconhecidas, pequenos gestos de generosidade com alguém melhora não apenas o seu dia, mas o daquela pessoa, na qual você ajudou. Além disso, atitudes de bondade trazem felicidade, sentimento de conforto e motivação. Mostre sua generosidade também ao agradecer alguém por algo que ela te fez ou ao elogiar outra pessoa por algo que ela conquistou.
    4. Fuja das preocupações: cada coisa no seu devido tempo. Sendo assim, evite ficar preocupado com algo que não acontecerá brevemente. Outra dica é não se sentir culpado por algo que não deu certo. Muitas vezes a preocupação em tentar conquistar um objetivo que anteriormente não foi alcançado pode causar estresse, irritação e desmotivação. Tire um tempo para refletir e descansar a mente da correria do dia a dia.
    5. Passe mais tempo com quem ama: seja com a família ou com os amigos, é sempre importante dedicar um pouco de tempo para aquelas pessoas que gostamos que estejam do nosso lado. Boas relações podem trazer mais alegria ao seu dia e ainda diminuem o estresse.

Ingredientes para uma terceira idade mais positiva e feliz

 

Agora, já reparou que nem todos que envelhecem são maduros? Conheço várias pessoas na terceira idade imaturas.

Sim! A maturidade não tem a ver com a idade exclusivamente, mas com a qualidade das experiências que se tem com a vida. E esta qualidade não tem a ver com experiências boas ou ruins, mas com a maneira como você lida com qualquer situação e as registra em seu “banco de experiências”, ou seja, a memória em si.

Adote uma atitude paciente!

Paciência para lidar com as diferenças entre você e os outros, mas, principalmente, para lidar com seu equilíbrio emocional e afetivo enquanto observa tais diferenças.

Paciência para aprender as lições que a vida reserva para você, paciência para ver o seu corpo se transformar ao longo do tempo e ao mesmo tempo se ajustar às novas demandas que ele vai te pedindo.

Ouço dizer que “paciência é a ciência da paz”.

Enquanto tudo acontece através de você e com você, torne-se tal cientista e refine cada vez mais suas pesquisas sobre “como lidar com as diversas situações da vida”, através de experiências mais pacíficas.

Ou seja, sem desperdícios com tumultos internos, angústias ou sentimentos ruins quando algo acontecer.

São estas coisas que nos fazem gastar uma enorme quantidade de energia para nada, além de destruírem nossos “recursos naturais”, podendo nos levar a verdadeiros “apagões”.

Sinal de que a maturidade passou longe… enquanto sua forma de “criança imatura” continua te dando t ombos.

Uma atitude e comportamento de “amadurecer sem maturidade” muitas vezes se demonstra em:

  • ataques explosivos,
  • confusão mental,
  • perguntas inadequadas ou desnecessárias,
  • conversas fora de hora,
  • senso de necessidades nunca supridas,
  • sentimentos de vazio interno,
  • ansiedade, pressa de se viver,
  • impaciência com os próprios erros,
  • desejar que o tempo não passe,
  • culpas, medos, arrependimentos etc

Uma longa lista! Desista dela.

 

MAIS DICAS

Adote uma atitude de entendimento e maturidade

 

Entendimento sobre como EU FUNCIONO nas situações do dia-a-dia.

Desde as mais simples às mais complexas. Afinal de contas, um bom motorista mantém uma boa direção se ele conhece bem o carro que dirige.

Há 14 me exercito e acabei criando um hábito saudável de me observar assim.

Posso dizer que mesmo não tendo meus futuros 60 anos, consigo lidar com muitos desafios diários com mais leveza e satisfação. Experimentando vários passos em direção ao envelhecimento, com mais atenção.

Claro que encontro momentos difíceis e aborrecidos. Procuro compreender que fazem parte da caminhada.

Visualizo-me segura e cheia de conquistas, deixando a visão de perdas e limitações bem distantes de serem uma preocupação – por mais que elas possam acontecer independente da idade.

Assim, a maturidade não é idade acumulada, mas aquilo que vem com paciência através do tempo e entendimento através do conhecimento de si mesmo.

É uma certa experiência de “desapego” com o que se está vivendo, onde emoções não atrapalham o processo de aprendizado e o acúmulo de mais uma lição aprendida, acontece!

Para mim, é isso que nos faz preencher de significado e satisfação as páginas de nossa história.

E quer saber? Percebo que desenvolver felicidade na terceira idade é desenvolver a felicidade de uma vida inteira. Uma atitude inteligente!

 

Para concluir

Para manter-se nesses exercícios de atitudes positivas adote métodos com os quais você pode observar ou mensurar os resultados.

Anote mudanças positivas, meios criativos pelos quais venceu um obstáculo, soluções encontradas e o nível de sua felicidade ao final do seu dia (ex: hoje estou pouco feliz, feliz ou muito feliz).

O tanto de felicidade que experimentamos está diretamente conectada com a nossa capacidade de vivenciar situações. Justamente aqueles que podem nos fazer acionar sentimentos negativos, pessimistas e desanimadores.

Desejo sucesso em seus esforços.

Abraços mil!

Leia também:

Para onde corre o rio de sua vida?

Faça a escolha certa, não dê ouvidos a julgamentos

gal

Gal Rosa

Terapeuta Ocupacional Gerontóloga

social media do www.aterceiraidade.net

email: gal@aterceiraidade.com

Youtube: A Terceira Idade com Gal Rosa

 

 

Recomendados Para Você:

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.