Creme e Pomada para Tirar Manchas da Pele

0

A pele manchada com pigmentação escura é o modo mais comum de aparecimento de tons desproporcionais da pele. A razão disso é o tempo excessivo de exposição ao sol, e por isso, é necessária a utilização de creme para tirar manchas da pele.

Ocorre que os raios do sol fazem o estímulo de melanina produzida, que é a pigmentação que gera a coloração da pele, porém as modificações de hormônios, utilização de remédios e outros elementos, fazem a atuação sobre os melanócitos que geram manchas na face ou em todo o corpo.

Tipos de manchas da pele

É importante, primeiramente, saber identificar o tipo da mancha que está sobre a sua pele. Isso auxilia a detectar o melhor tratamento e metodologias para amenizar o problema. Acompanhe as seguintes tipologias de manchas:

Manchas com tom escuro no rosto

Algumas das manchas que podem surgir no rosto são escuras e ganham algumas categorias específicas para que possam diferenciar umas das outras.

Melasma

O melasma trata-se de manchas escurecidas que aparecem na face, perto das maçãs do rosto e na testa, sendo convencional o aparecimento em gravidez ou menopausa, visto que está conectada de forma íntima às modificações dos hormônios. Nessa situação, as modificações promovem uma irritação nos melanócitos que tornam algumas partes do rosto mais escuras.
O melasma, de forma geral, surge ou piora quando o indivíduo portador da mancha está em exposição solar por muito tempo.

Como tratar?

É importante passar, todos os dias, o filtro solar com proteção máxima, evitando ficar exposto aos raios solares por muito tempo. Também é válido ressaltar que deve-se evitar as fontes do calor, como a entrada em veículos muito quentes que ficaram estacionados a exposição do sol, ou utilizar o forno.

Ainda, é importante passar pomadas e creme para tirar manchas da pele. Exemplos de pomadas excelentes são as que clareiam a pele. A hidroquinona pode ter indicação, porém não deve ter utilidade por um tempo maior que quatro semanas. Outras alternativas fazem a inclusão de Vitanol A, alguns ácidos como o Adapaleno ou o Klassis.

Manchas que acometem o rosto pela exposição solar

Essas manchas específicas que são presentes na pele em relação a luz solar acontecem com maior frequência em indivíduos de pele morena ou clara, que estão em exposição solar em utilizar proteção.

As regiões mais acometidas pelo sol são os braços, rosto, mãos e, ainda que seja bem convencional o aparecimento das manchas posteriormente a faixa etária dos 40 anos, também há a possibilidade de aparecerem antes disso, em pessoas jovens.

Como tratar?

Manchas mais claras e superficiais podem ter a eliminação por meio de esfoliações, de duas em duas semanas.

Ainda, quando há uma quantidade maior das manchas, a recomendação é ir até um especialista que faça a indicação de produtos coerentes.

É relevante que as pessoas com muitas manchas pequenas dessa tipologia, tomem um cuidado ainda maior, visto que essas específicas disponibilizam um risco maior do câncer da pele, e o especialista pode fazer a avaliação das manchas, para descobrir se há riscos ou não.

A utilização dos cremes clareadores também podem ser ótimas alternativas, porém há maneiras de tratar esteticamente como lasers, peelings, luz pulsada e afins, apresentando resultados excelentes.

Manchas avermelhadas na pele

Aqui também podemos separar especificamente algumas das manchas vermelhas mais comuns que acometem a pele das pessoas:

Dermatite

As manchas denominadas de dermatite se manifestam por meio de tons avermelhados na pele que podem ser resultado de aparecimento de alergias, causando manchas marrons que dão coceiras e podem surgir posteriormente a ingestão de alimentação alergênica, como o camarão, amendoim ou morango.

Isso acontece posteriormente a aplicação de produtos na pele, como perfumes, cremes ou cosméticos em geral – ou ainda, utilizar objetos que entram em contato com a pele, como os colares, relógios, pulseiras e afins.

Como tratar?

Pode ter indicação de aplicação de creme com corticoide, em duas vezes diárias, assim que os sinais reduzam. A recomendação é a consulta de um especialista para a identificação do motivo específico da alergia, de modo a ser evitado o contato com a circunstância novamente.

Pano branco ou micose

O pano branco, também denominado como a micose da praia, aparece em razão de infecções motivadas por fungos, que despertam o aparecimento de diversas manchas em tom esbranquiçado na pele.

longo dos anos, a micose se espalha pela pele, porém, de forma geral, a pessoa não se contamina na praia, mas logo que fica com um bronze maior, ela consegue perceber as regiões brancas na pele.

O motivador da micose é o fundo que está na pele, em quantitativos controlados, porém, quando o sistema imunológico do indivíduo está comprometido, é bem convencional que ocorra a proliferação do fungo na pele, originando a micose.

Como tratar?

Nessa situação, a indicação é a aplicação de cremes e pomadas antifúngicas na pele, 2x ao dia, ao longo de 21 dias. Ao passo que a região tenha tratamento e seja muito extensa, que envolva as costas, por exemplo, há a possibilidade da necessidade de um antifúngico oral, que será indicado por especialista, como o Fluconazol.

Queimaduras ou manchas motivadas pelo limão

A fitofotodermatite, nomenclatura científica dos tecidos lesionados em razão do limão, acontecem a partir do contato do fruto com a pele, sendo que a pessoa que se expõe ao sol de forma seguida ao contato, pode ter o aparecimento de queimadura ou a possibilidade de surgirem as manchas pequenas e escuras na pele, de forma especial nas mãos.

Como tratar?

A recomendação é fazer uma boa higienização na pele, com a aplicação de cremes que tenham hidroquinona, 3 a 4x ao dia, evitando usar produtos cosméticos como perfumes na pele em que há as manchas.

Ainda, é relevante a utilização do filtro solar em cima da área que está prejudicada, para que haja eficácia no tratamento.

Manchas de diabetes

Denominada de acantose nigricans, cientificamente, as manchas de diabetes são escuras e aparecem em volta do pescoço, das axilas, das pregas cutâneas e embaixo das mamas, em indivíduos que resistem à diabetes ou insulina.

Entretanto, ainda que tenha caráter raro, o tipo de manchas em questão pode aparecer em diversas pessoas que tenham o câncer.

Como tratar?

É importante fazer a consulta a um dermatologista, que fará a prescrição de cremes clareadores e identificarão o motivador da acantose nigricans. Ainda, quando é motivada pelo peso em excesso, a pessoa deve promover o emagrecimento, pois favorecerá a maneira de tratar as manchas para tornar o tom da pele uniforme.

Vitiligo

O vitiligo trata-se de uma patologia que desencadeia o aparecimento de manchas brancas na pele, de forma específica em lugares como cotovelos, rosto, joelhos, pés, mãos e genitais. As razões das manchas acometerem o corpo não são cientificamente conhecidas, mas o vitiligo pode aparecer em qualquer faixa etária.

Como tratar?

A recomendação é fazer a consulta em especialista para tratar de maneira adequada, conforme cada situação. Cremes que deixam o tom da pele uniformizado podem ter utilidade, porém é fundamental a utilização do filtro solar, visto que peles mais claras são mais propensas ao desenvolvimento do câncer de pele.

Manchas no rosto em razão da acne

Cicatrizes de espinhas são os motivos mais convencionais de manchas na pele em pessoas bem jovens, aparecendo, de forma geral, posteriormente a tratamentos de acnes graves.

Como tratar?

Tratamentos que uniformizam a pele podem ser realizados com óleo de rosa mosqueta, por duas a três vezes diárias em cima da cicatriz, de modo a evitar a exposição ao sol por muito tempo.

Entretanto, é relevante que se mantenha a oleosidade controlada da pele, com formas de tratar que sejam antiacnes.

Ao passo que o paciente não demonstre cravos ou espinhas, há a possibilidade de indicação de tratamentos para clareamento da pele como os cremes ou pomadas com ácidos, microagulhamento , peeling com ácidos, e procedimentos estéticos como luz pulsada e laser.

Como tratar as manchas de nascença?

Manchas de nascença se destacam pela cor avermelhada ou em tons mais escuros que a pele, e de forma geral, não correspondem a nenhuma forma de tratamento, sendo um fator característico da pessoa e sua genética.

Porém, quando a mancha constrange, é possível que o paciente vá até um especialista para uma avaliação do especialista em relação a tratamentos que podem ter indicação, pois dependerá do local e profundidade das manchas.

Peelings com ácidos fazem a remoção das camadas externas e intermediárias da pele. Tratamentos a lasers possibilitam algumas alternativas com indicação para retirada desse modelo de mancha da pele.

Em alguns casos, fazer tatuagens aproveitando a forma e local da mancha pode ser algo positivo de conviver com o fato de maneira agradável.

Cuidados específicos com creme para tirar manchas da pele

Existem quatro formas fundamentais de prevenção do aparecimento de manchas na pele. Para que se evite a existência delas em tons mais escurecidos, é importante que:

  • Passe sempre um filtro solar com proteção máxima antes de deixar sua residência;
  • Hidrate, todos os dias, a pele do rosto e do corpo, a partir de cremes específicos para cada parte corporal;
  • Evite exposição ao sol de modo excessivo;
  • Não esprema cravos ou espinhas, pois isso possibilita o surgimento de marcas e manchas em tom escurecidos na pele;

Todos esses cuidados podem ser destacados por quaisquer tipos de manchas da pele.

LUMICLEAR: creme para manchas na pele

Após os 40, a pele ganha um caráter ressecado e precisa ser hidratada com cuidado específico.

Quando se teve uma juventude de muita exposição ao sol e calor, de forma principal, quando se vive em lugares muito quentes, a pele, em idade mais velha, acaba tendo um aspecto muito agredido.

Algumas pessoas costumam desenvolver várias manchas nos braços, mãos, rosto e colo. Estas são regiões que ficam expostas ao sol. Muita gente também explicita diversas pintas amarronzadas pelo corpo todo, o que acaba não sendo muito confortável para alguns.

Ao fazer o uso de cremes hidratantes com clareamento potencial, algumas pessoas também utilizam sessões de peelings e afins.

Entretanto, posteriormente aos tratamentos em questão, os resultados começam a estacionar, e além de gastar com sessões e cremes que não funcionam, o estresse e baixa autoestima em razão das manchas podem continuar sendo fatores comuns que incomodam.

O que pode mudar isso é um produto revolucionário, um creme para tirar manchas da pele, que tem indicação por especialistas do ramo.

O LUMICLEAR traz a garantia de resultados incríveis em até 90 dias. O que chama a atenção nesse produto é que ele se trata de um poderoso creme, sem dores ou grandes custos.

A aparência é um fator imprescindível para, principalmente, as mulheres. Ela apresenta algo importantíssima em relação a pele, que é praticamente o cartão de visitas das pessoas.

       

Por isso, aqui estão algumas das principais vantagens e benefícios da proteção solar e do creme clareador LUMICLEAR.

Proteção solar e sua importância

A exposição constante ao sol pode fazer a produção de várias lesões na pele, que não apenas produzem modificações estéticas, mas atingem a saúde da pele de forma geral.

Ainda, há diversas outras condições que podem acometer o corpo, como desenvolver o quadro de surgimento de lesões, insolações e manchas da pele – de forma principal em época de gestação – e ainda o câncer de pele, que algo muito comum de acontecer em relação a exposição solar.

O melhor a se fazer é utilizar um filtro solar todos os dias, geralmente quando sai cedo de casa ou a tarde. Porém, se você trabalhar em períodos noturnos, também haverá a necessidade de exposição ao sol, em determinados outros momentos, e por isso, deve-se tomar o cuidado sempre.

Além de promover a proteção da pele, o protetor solar faz a prevenção do câncer e do envelhecimento precoce, com o surgimento de melasma e diversas outras manchas que aparecem de acordo com a idade que avança

Benefícios do Sérum LUMICLEAR

Caso ainda desconheça o produto Lumiclear, é importante que você saiba, antes de qualquer coisa, que o creme é um clareador potentíssimo para tratar as manchas da pele. Por seu caráter caseiro, deve ser realizado todos os dias, para todas as tipologias e cores das peles, que disponibilizem quaisquer manchas de difícil ou fácil remoção.

A elaboração do produto é exclusiva para o tratamento de pele que tenham alguma modificação da coloração ou tom, promovendo um caráter uniforme a pele, além da suavização das manchas e equilíbrio do tom de pele de sua origem.

Há uma diversidade de razões que acometem marcas ou manchas em nossas peles. Geralmente, a causa principal é a exposição ao sol. Independentemente da razão desencadeadora das manchas, o LUMICLEAR funciona efetivamente.

Quando esfregar o creme em cima da mancha, você sentirá o produto sendo ativado, logo que entra em contato direto com a pele. Dessa maneira, a pele obtém células que serão renovadas, e também a eliminação de células mortas. O mecanismo do produto é progressivo, com utilidade contínua, e através disso, é possível notar as modificações de forma célere.

Informações sobre o LUMICLEAR

Todos os cremes com qualidades especificas, como o LUMICLEAR, devem ser utilizados de forma contínua. Aqui estão alguns dos detalhes mais importantes a serem conhecidos sobre o creme para tirar manchas da pele.

O LUMICLEAR tem algum efeito colateral?

Não. O creme, em questão, é uma fórmula natural e, em virtude disso, não disponibiliza nenhum efeito colateral em relação a pele humana.

Efeito Tonalizador

O creme Lumiclear é destaque por tonalizar a pele, conseguindo dar um tom de uniformidade à pele, com a suavização das manchas, a redução das visíveis modificações.

Efeito Hipoalergênico

A composição do Lumiclear é hipoalergênica, com testes a aprovações por especialistas, e uma das razões principais é a ausências de efeitos colaterais.

Efeito Rejuvenescedor

Além de promover o tratamento de manchas, o Lumiclear consegue rejuvenescer a pele, promovendo uma qualidade de maior firmeza. É clareador, rejuvenescedor, e ainda reduz as marcas de expressão.

Como ocorre a ação do LUMICLEAR?

O creme tem sua ação em quaisquer regiões do corpo que precisem ser clareadas, tanto de modo externo quanto mais íntimo. O Lumiclear consegue ter sua ação efetiva nas regiões como:

Cotovelos e joelhos

Estas são duas áreas do corpo humano que disponibilizam uma pele mais escurecida e com uma grossura maior. Quando se utiliza o creme, além do clareamento que ocorre de forma efetiva, a pele ganha um aspecto de maior maciez, ao mesmo tempo.

Axila e virilha

Dois locais que são constantemente agredidos devido a depilação que além de machucar pode deixar mais escuro com o tempo, você poderá utilizar na axila e na virilha sem problemas.

Rosto e mãos

Estas são duas regiões do corpo que têm a possibilidade de serem acometidos em relação a idade e ao sol – motivo pelo qual muitas pessoas aderem ao Lumiclear – capaz de fazer a remoção de muitas das manchas que surgem no corpo.

Como utilizar?

É necessário um cuidado com o creme, porque, logo quando iniciar o tratamento, é preciso diminuir o tempo de exposição ao sol, e quando tiver que estar em contato com os raios solares, imprescindível utilizar a proteção dos filtros solares.

Para que ocorra uma eficácia maior, é preciso passar o creme Lumiclear durante todos os períodos noturnos, em todas as manchas que se deseja eliminar, anteriormente a ir para cama.

Onde posso comprar o Lumiclear?

O produto pode ser adquirido por meio do endereço eletrônico oficial do produto, aqui. É possível adquirir todas as informações que não foram disponíveis aqui, ou caso ainda tenha alguma dúvida em relação ao creme para tirar manchas da pele.

É possível também contatar os atendentes da Lumiclear. O site aceita uma diversidade de pagamentos que facilitam conseguir o produto. Os pagamentos são em cartões de crédito, boletos bancários e afins.

Não fique fora dessa! O creme para tirar manchas da pele vem revolucionando o mercado dermatológico e pode acabar com os seus problemas de constrangimento, em casos de as manchas estarem muito visíveis em regiões que não são agradáveis.

Problemas com autoestima, por exemplo, podem ser melhorados 100% quando se conhece a ação do Lumiclear. Aproveite todas as dicas e faça bom uso do creme que mudará a sua vida!

Como evitar o câncer de pele

Em diversos melanomas, não há a possibilidade de prevenção. Entretanto, algumas atitudes podem promover a redução dos riscos em se adquirir um melanoma:

Limitação de tempo em exposição aos raios ultravioletas

O modo mais relevante de fazer a redução dos riscos do melanoma é a proteção dos raios ultravioletas. Promover a proteção solar quando estiver em ambiente aberto.

Procure sempre sombras. Uma maneira de fazer a limitação do tempo exposto aos raios ultravioletas é evitando ficar muito tempo sob as luzes solares, de forma especial às 10h e 16h, ao passo que a luz UV tem maior intensidade.

Utilizar um vestuário adequado sempre ao clima é outra dica. Vestuário que consegue fornecer graus de proteção aos raios ultravioletas, por exemplo, como camisas que disponibilizam de mandas longas, calças compridas ou, ainda, saias de tamanho longo, conseguem oferecer proteção maior.

A coloração das roupas também auxilia na proteção, sendo que as mais escuras conseguem proteger mais que as roupas claras.

Texturas firmes promovem a proteção mais adequada do que uma roupa entrelaçada. A textura seca, de forma geral, tem maior proteção do que o tecido molhado.

Por tanto, é relevante a compreensão de que somente fazer a cobertura da pele em relação as raios, não bloqueia totalmente a radiação, caso a luz consiga passar por meio da textura, os raios também passarão.

Utilize chapéus ou bonés. Os dois são perfeitos por contarem com a aba, promovendo a proteção de regiões muito expostas aos raios intensos do sol, como nariz, olhos, testa, couro cabeludo e orelhas.

O boné promove a proteção da cabeça e do rosto, porém deixa o pescoço e, por vezes, as orelhas desprotegidas. Isso pode desencadear os cânceres da pele a partir desses descuidos.

Chapéus em design de palha, por exemplo, não protegem tanto quanto os que têm uma textura mais grossa.

Use protetor solar

Utilizar filtros solares para o corpo e lábios são imprescindíveis para qualquer momento do dia, mas principalmente nos horários em que o sol está mais intenso, que é a partir das 10h até as 16h da tarde.

É importante que a proteção contra os raios solares do filtro seja em teor máximo – 30 ou mais. A utilização da proteção solar tem recomendação, inclusive, em momentos de céu nublado ou encoberto, porque a radiação UV é presente.

Porém, para a garantia de uma continuidade de proteção, os protetores do sol devem ter reaplicação, conforme instruções do produto.

Utilizar óculos de sol são ótimas maneiras de se defender contra o sol. Eles conseguem fazer o bloqueamento dos raios UV, de no mínimo, 99%, disponibilizam uma proteção eficaz para os olhos e a região da pele que fica em volta do olho.

Evitar bronzeamentos artificiais

Muita gente acaba acreditando que a radiação UV das câmaras que promove bronzeamentos não são ofensivas a pele. Isso é uma falsa informação. As luzes das câmaras de bronzeamento que disponibilizam a radiação ultravioleta podem, por muitos anos, prejudicar a pele e fazer a contribuição para desenvolver o câncer de pele.

Bronzeamentos artificiais são ligados a riscos de aumento de melanomas, de forma especial quando com início anterior aos 30 anos.

Grande parte dos especialistas e membros de organização de saúde não promovem a recomendação da utilidade de câmaras de bronzeamento e luzes ultravioletas. No pais, há uma proibição de sua utilidade desde 2009.

Proteção solar para crianças

As crianças necessitam de um parecer de atenção de forma especial, porque há a tendência de estarem expostos a maior tempo ao ar livre e estão propensas a queimaduras de um modo mais fácil.

É importante destacar a proteção das crianças em relação ao tempo exposto ao sol, de acordo com orientações já mencionadas. Crianças mais velhas necessitam de aviso em relação a este problema de saúde, sendo que estas são capazes de atender esse tipo de cuidado.

Atente-se as pintas irregulares

Verifique a pele de forma regular. Isso permite que você detecte novas pintas ou manchas irregulares com diversas modificações.

É imprescindível, também, consultar especialistas para diagnosticas tratamentos de lesões e afins.

Determinadas pintas apresentam riscos maiores ao desenvolvimento de melanomas. Caso tenha pintas, de acordo com o formato, é preciso consultar especialistas para um acompanhamento com exames e promover a remoção das mesmas. Algumas características podem se aproximar dos melanomas.

Remover pintas não é a recomendação como maneira de evitar melanomas. Alguns dos cânceres podem ter desenvolvimento por meio de pintas, mas não grande parte delas.

Ao se deparar com pintas novas, com visual incomum ou modificações em relação a uma que já existe, é preciso consultar especialistas de dermatologia.

Cuidar sempre da Imunidade do Organismo

Ao ter um sistema imunológico que está fraco, o organismo se torna propenso a diversas infecções e eleva o risco de contração de melanomas ou outras tipologias do câncer da pele.

Infecções por meio do HIV conseguem tornar o sistema imunológico mais fracos. Por isso, evite riscos ao se relacionar com pessoas sem a utilização adequada de preservativos, utilização de drogas e afins. Tudo isso promove a redução do risco relacionado ao câncer de pele e diversas outras categorias do câncer.

Alguns indivíduos que já passaram por algum tipo de transplante de órgãos ou que portam patologias autoimunes, necessitam consumir medicações para o suprimento do sistema imunológico.

Algumas vezes, portadores do câncer também necessitam da ingestão de medicações como exemplo de quimioterapias que promovem a redução da funcionalidade imunológica.

Para estes públicos, a vantagem de ingerir remédios, possivelmente ultrapassam os riscos pequenos do aumento de contração do câncer específico.

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.