Como perder barriga rápido! Dicas extraordinárias

Toda boa solução para perder barriga passa necessariamente por duas medidas básicas: alimentação saudável e atividade física regular.

1 386

Você quer dicas sobre como perder barriga rápido?

Bem, primeiro é preciso deixar claro que não existem receitas mágicas. Toda boa solução para perder barriga passa necessariamente por duas medidas básicas: alimentação saudável e atividade física regular.

Por outro lado, algumas boas dicas podem tornar esse processo mais eficiente. Esse é o foco deste artigo.

Chá para perder barriga

Uma dica muito prática sobre como perder barriga rápido. é o consumo de alguns chás. A história do chá e sua relação com a saúde é muito antiga.

Os chás mais indicados para perder barriga são aqueles que apresentam propriedades termogênicas ou diuréticas.

Propriedades termogênicas são aquelas que atuam na aceleração do metabolismo e na queima do excesso de calorias armazenadas no corpo. As propriedades diuréticas agem no combate ao inchaço provocado pela retenção de líquidos e promovem ainda uma desintoxicação do organismo.

Considerando essas propriedades, alguns dos melhores chá que te ajudarão na tarefa de como perder barriga rápido são:

  • Chá verde: atua na queima de calorias e na aceleração do metabolismo. Quatro xícaras por dia é a dose ideal e convém não tomar à noite, pois o chá verde também contém cafeína.
  • Chá vermelho: muito popular na China, esse chá é extraído da mesma planta de onde se extrai o chá verde e o chá branco. As folhas da planta passam por um período de maturação de 60 anos, ganhando coloração e sabor próprios. O chá vermelho acelara o metabolismo, ajuda a queimar gordura e ainda estimula a eliminação do excesso de líquidos. Quatro xícaras por dia é a dose ideal para uma perda de barriga mais intensa.
  • Chá branco: atua na queima de gordura armazenada, previne a formação de novas células de gordura e acelera a transformação de gordura em energia. A dose de consumo recomendada é de duas xícaras por dia.
  • Chá de maracujá: contém propriedades diuréticas que atuam na eliminação do excesso de líquidos do corpo, além de dificultar a absorção de açúcar e aumentar a sensação de saciedade.
  • Chá de mel com canela: atua na queima de gordura e na aceleração do metabolismo. O mel substitui com vantagens o uso do açúcar. Recomenda-se consumir duas vezes ao dia, no café da manhã e à noite, antes de dormir.
  • Chá de gengibre com canela: tanto o gengibre quanto a canela são alimentos termogênicos. O gengibre ainda ajuda a combater o inchaço abdominal. Também é recomendado consumir duas vezes ao dia, ao acordar e antes de dormir.
  • Chá de hibisco: tem ação diurética, digestiva e laxante, contribuindo para a eliminação de líquidos e a desintoxicação do organismo. Deve ser consumida duas vezes ao dia.
  • Chá de carqueja: exerce funções diuréticas e digestivas, contribuindo para a desintoxicação do estômago e dos intestinos. Recomenda-se consumir antes das refeições.
  • Chá de goji berry: intensifica a queima de calorias, sendo ideal para consumo antes de atividades físicas.
  • Chá de sálvia com louro: combate a gordura na barriga e atua no auxílio ao processo de digestão dos alimentos. O consumo recomendado é de duas xícaras ao dia.
  • Chá de erva doce: age no auxílio ao processo de digestão de alimentos, contribuindo para a eliminação de líquidos e a desintoxicação dos intestinos. Três xícaras por dia é uma dose aceitável de consumo.
  • Chá de erva mate: atua na aceleração do metabolismo. Pode ser consumida diariamente.
  • Chá de alecrim: auxilia o processo de digestão e atua na desintoxicação dos intestinos. Pode-se consumir uma xícara a cada seis horas.
  • Chá de hortelã: promove uma sensação de saciedade e, por consequência, uma redução no consumo de alimentos. Pode ser tomado à noite, antes de dormir.
  • Chá de limão e alho: esses dois ingredientes combinados atuam no auxílio à digestão, na queima de gorduras e na desintoxicação do sistema digestório. A dose recomendada é de duas xícaras ao dia.

Algumas questões importantes sobre os chás para perder barriga

  • Não basta tomar o chá: não se perde barriga apenas por acrescentar um chá à dieta. O segredo de como perder barriga rápido está em utilizar o chá para potencializar os benefícios da alimentação saudável e da prática de atividades físicas.
  • Observar as doses de consumo recomendadas: diz-se que a diferença entre o remédio e o veneno está na dose. Consumir esses chás em excesso pode produzir efeitos colaterais indesejados.
  • Verificar possíveis contraindicações: gravidez, alergias ou outros tratamentos em andamento podem ser fatores que contraindiquem o consumo de determinado chá. Ouvir uma opinião médica é essencial nesses casos.
  • Não abusar do açúcar: no preparo desses chás, admite-se o uso de açúcar para dar um melhor sabor a eles. Mas, até de forma intuitiva, fica claro que o açúcar em excesso entra em conflito com o princípio da alimentação saudável e torna o chá inadequado para o esforço de perder barriga.

Como perder barriga em uma semana

Pensando em como perder barriga rápido, uma opção bastante interessante é a proposta de perder barriga em uma semana.

É claro que uma semana não é suficiente para mudar por completo os hábitos e já alcançar uma definitiva forma saudável. Mas com disciplina, alimentação adequada e uma boa programação de atividades físicas, o desafio de perder barriga em uma semana pode apresentar resultados muito significativos.

Adequando a alimentação

O primeiro passo do desafio é ter uma alimentação adequada. Considere adotar as seguintes medidas diariamente:

  • Passar a fazer seis refeições, com intervalos de três horas entre uma e outra;
  • Beber dois litros de água ou chá verde;
  • Incluir saladas nas refeições, variando de sabores de um dia para outro;
  • Comer duas frutas;
  • Tomar dois iogurtes com lactobacilos vivos para auxiliar a atividade intestinal;

Sendo um pouco mais específico em relação ao cardápio:

  • Evite:
  • Alimentos com gordura trans;
  • Carboidratos simples;
  • Bebidas alcoólicas.
  • Substitua:
  • Refrigerantes por sucos naturais;
  • Doces por frutas;
  • Alimentos à base de farinha branca e derivados por alimentos integrais;
  • Alimentos fritos pelos grelhados, assados, cozidos e crus;
  • Sal por ervas aromáticas ou limão;
  • Inclua:
  • Gorduras saudáveis como azeite extra virgem, óleo de abacate e óleo de coco;
  • Alimentos termogênicos;
  • Alimentos ricos em ômega 3;
  • Alimentos ricos em fibras;
  • Alimentos com “calorias negativas”, como verduras, legumes e frutas;
  • Um dos chás recomendados para perder barriga;
  • Água.

Combatendo o sedentarismo

Entre as atividades físicas, dê preferência a aquelas que consomem mais calorias, desde que não haja impedimentos à sua prática (é importante fazer uma avaliação médica antes). Por exemplo:

  • Uma hora de corrida pode propiciar a queima de 700 calorias;
  • Em uma hora de aula de aeróbica, 260 calorias são perdidas;
  • Andar de bicicleta por uma hora pode levar à perda de 280 calorias;
  • Uma hora pulando corda faz perder 400 calorias;
  • Uma hora de caminhada em ritmo rápido queima 315 calorias;
  • Uma hora de natação consome 370 calorias.

Séries rápidas de exercícios abdominais são ótimos complementos para trabalhar a musculatura na região da barriga.

Como perder barriga rápido!

Tem como perder barriga rápido intensificando as atividades físicas?

Uma alternativa às atividades físicas tradicionais é o Treinamento Intervalado de Alta Intensidade, mais conhecido pela sigla HIIT (em inglês).

Trata-se de um conjunto de exercícios rápidos, de alto impacto, com intervalos curtos ou moderados de descanso. Sua prática acelera o metabolismo e a queima de gorduras, sendo consideravelmente mais exigente e cansativa quando comparada aos exercícios tradicionais.

Por ser composto por sequências de atividades, não existe uma forma única de praticar o HIIT. Entretanto, existem alguns métodos mais difundidos, como por exemplo:

  • O protocolo Tabata, desenvolvido pelo pesquisador japonês Izumi Tabata, composto por 8 ciclos de 20 segundos cada com atividades em intensidade máxima, seguidos por 10 segundos de descanso.
  • O protocolo Gibala, desenvolvido pelo pesquisador canadense Martin Gibala, composto por 3 minutos de aquecimento, seguido por 8 a 12 ciclos de 60 segundos cada com atividades em intensidade máxima e então um descanso de 75 segundos.
  • O protocolo Timmons, desenvolvido pelo pesquisador inglês Jamie Timmons, composto por 3 séries de 2 minutos cada com pedalada suave na ergométrica seguidos por 20 segundos de esforço em intensidade máxima. Essa sequência deve ser realizada três vezes por semana.

Praticar o HIIT em excesso pode ser prejudicial ao organismo, por isso deve haver sempre o acompanhamento de um profissional especialista. É ainda contraindicado para quem tem problemas cardíacos.

Para praticar o HIIT, é preciso manter uma alimentação adequada, beber muita água e ainda respirar de forma correta e nos momentos certos. A intensidade é tanta que mesmo depois do término da atividade, o corpo demora horas para voltar ao ritmo normal. Para efeito de perda de gordura, isso é ótimo, pois o metabolismo permanece acelerado, queimando calorias.

       

Como perder barriga em 2 dias

A busca por uma resposta sobre como perder barriga rápido levou ao surgimento do método para perder barriga em dois dias. Não se trata de uma fórmula mágica e sim de uma fórmula radical que, como tal, só deve ser aplicada por dois dias.

Esse método não traz necessariamente perda de gordura, pois isso exige mais tempo e regularidade na prática de hábitos saudáveis, mas produz uma real redução do volume abdominal.

Entre as medidas a serem rigorosamente adotadas por 48 horas estão:

  • Beber água regularmente, porém, não durante as refeições;
  • Água ou outros líquidos devem ser ingeridos até uma hora antes das refeições e a partir de uma hora depois delas;
  • Consumir alimentos ricos em fibras (frutas, legumes, verduras e cereais, por exemplo);
  • Fazer uso de diuréticos;
  • Evitar alimentos ricos em açúcar, sal ou gorduras;
  • Reduzir mas não eliminar o consumo de alimentos ricos em carboidratos;
  • Evitar o consumo de leite e derivados;
  • Praticar exercícios físicos;
  • Observar uma distância de pelo menos duas horas entre o final da última refeição e a hora de dormir.

Algumas dessas medidas são insustentáveis por mais de 48 horas, por isso o método se restringe a esse intervalo de tempo. Mas enquanto está vigente, o objetivo é submeter o organismo a um intenso e extremo regime de compensação.

Como perder gordura localizada na barriga

O excesso de gordura no corpo é, essencialmente, energia acumulada e não queimada. Ela surge da alimentação inadequada e do sedentarismo, que levam o organismo a desacelerar seu metabolismo e a acumular as calorias consumidas e não gastas. Em que região do corpo esse acúmulo de gordura se deposita é algo sobre o qual não temos controle.

Da mesma forma, também não podemos estabelecer de onde o corpo vai retirar gordura quando exigido. A tendência é que ele faça isso de forma generalizada, isto é, de todas as partes do corpo onde houver gordura armazenada. É por isso que não existe um método natural capaz de eliminar gorduras localizadas em uma região específica do corpo.

Mas existem alguns tratamentos estéticos complementares para acelerar a eliminação das células de gordura. Estes podem agir em regiões específicas do corpo.

Para perder barriga, por exemplo, os tratamentos mais indicados são:

  • O manthus: um tratamento baseado em ultrassom e correntes elétricas que retira a gordura das células e estimula sua eliminação através do suor, da urina e das fezes. É totalmente indolor e pode ser aplicada de uma a três vezes por semana, respeitando-se um intervalo de dois ou três dias entre uma sessão e outra.
  • A criolipólise: essa técnica se utiliza de um aparelho que aplica baixas temperaturas para “matar” as células gordurosas e então sugá-las. Há alguma sensação de dor durante a aplicação, mas normalmente uma sessão é suficiente para a região tratada. Eventualmente, uma segunda sessão pode ser necessária, cerca de dois meses após a primeira.
  • As massagens modeladoras ou redutoras: são duas diferentes técnicas que agem sobre a região massageada, provocando a quebra das células de gordura e liberndo-as para que sejam eliminadas pelo organismo.
  • Os cremes redutores: são produtos cuja composição favorece a aceleração do metabolismo e a quebra das células de gordura.
  • A lipocavitação: um tratamento indolor à base de ultrassom, que normalmente exige de três a dez sessões para sua conclusão.
  • A radiofrequência: um tratamento que se utiliza da elevação da temperatura na região tratada para produzir a quebra das células de gordura. Exige de sete a dez sessões, com um intervalo mínimo de quinze dias entre uma sessão e outra.
  • A abdominoplastia: esta já é uma cirurgia plástica, voltada para a eliminação de gordura e do excesso de pele.

Embora esses tratamentos pareçam ser a resposta ideal sobre como perder barriga rápido, eles na realidade são soluções complementares e pontuais para eliminar gordura localizada e não substituem a necessidade das atividades físicas e da alimentação saudável. Somente esses dois fatores combinados são capazes de impedir que a gordura volte a se acumular no corpo.

Tratamentos tão específicos como esses só devem ser adotados com o acompanhamento de profissionais especializados, principalmente no que diz respeito a possíveis contraindicações.

Exercícios para perder barriga

Bem, já que todas as boas alternativas de como perder barriga rápido passam pelos exercícios físicos, vamos falar mais um pouco sobre eles. Existem diversos exercícios indicados para perder barriga ou ao menos contribuir para que ela mantenha um aspecto saudável.

Não existe um consenso sobre quais são os horários mais indicados para a prática de exercícios. Uma opinião bastante aceita é a de que cada pessoa tem seus próprios horários mais produtivos, também em relação à queima de calorias.

Alguns exercícios para perder barriga podem ser realizados em casa mesmo, sem a necessidade de recorrer a uma academia. Apresentamos a seguir algumas formas de como perder barriga rápido com exercícios:

  • Escalador cruzado;
  • Marcha ou corrida estacionária;
  • Flexões de braço;
  • Pular corda;
  • Prancha;
  • Alongamentos;
  • Agachamento;
  • Bicicleta no ar;
  • Elevação do quadril;
  • Polichinelo;
  • Abdominais;
  • Burpee (sequência de movimentos).

Em uma academia, alguns exercícios especialmente indicados para perder barriga são:

  • Musculação;
  • Exercícios aeróbicos;
  • Aulas de jump;
  • Exercícios com uma bola;
  • Aulas de step;
  • Circuitos (sequência combinada de exercícios aeróbicos com exercícios localizados);
  • Esteira;
  • Bicicleta ergométrica.

Os exercícios abdominais e a perda de barriga

Quando o assunto é como perder barriga rápido, uma das primeiras ideias que vem à mente são exaustivas sessões de exercícios abdominais. Mas ao contrário do que muitas pessoas imaginam, o que os abdominais fazem não é exatamente “perder barriga”.

Uma das razões para a barriga apresentar certo volume está no fato de paredes abdominais fracas não serem capazes de segurar o abdômen, fazendo com que ele se acomode saltado para frente. O que os exercícios abdominais fazem, principalmente, é fortalecer essa musculatura abdominal, impedindo a projeção do abdômen.

É claro que durante o exercício há aceleração do metabolismo e alguma queima de calorias, mas não em volume significativo. De qualquer forma, são exercícios perfeitos para moldar a barriga.

Contrair a barriga não produz o mesmo efeito dos exercícios abdominais. O organismo se cansa sem que haja um fortalecimento da parede abdominal. Ideal mesmo é fazer os abdominais.

Mas convém não abusar. Primeiro, não há necessidade de realizá-los à exaustão, sob o risco de causar dores na região lombar. Depois, também não há necessidade de realizá-los diariamente, sendo aconselhado respeitar intervalos de 12 a 48 horas entre uma sessão e outra.

Realizados na dose e frequência corretas, os exercícios abdominais são importantes também para estabilizar o tronco e prevenir dores nas costas.

Considerações finais

Com as dicas aqui apresentadas sobre como perder barriga rápido, fica claro que não existem receitas mágicas, mas é perfeitamente possível alcançar esse objetivo, ao contrário do que talvez algumas pessoas pensem.

Recomendados Para Você:

       
1 comentário
  1. Carlos Diz

    Muito boa as informações, Excelente artigo. O HIIT é uma boa forma de emagrecer com saúde.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.