Como parar de suar nas axilas naturalmente

0 10.798

O suor em excesso é denominado hiperidrose, uma patologia com inúmeras causas. É muito comum que as pessoas com esse problema sofram constrangimentos e dificuldades em conviver com a sociedade. Por isso, há a necessidade de descobrir métodos e soluções em como parar de suar nas axilas naturalmente, para amenizar os problemas convencionais.

A sudorese em excesso, geralmente, acontece quando estamos passando por motivos de estresse emocional como, vergonha, ansiedade, raiva ou em momentos de muito calor, por exemplo, fazendo exercícios físicos mais intensos, como os aeróbicos.

Isso acontece, porque as glândulas sudoríparas fazem a produção do suor como forma de manter a temperatura corporal regulada. Com isso, sempre que a temperatura interna do nosso corpo aumenta, o organismo elimina água, sendo ela o suor, para que a perda seja compensada.

Pessoas com hiperidrose provocam suor excessivo, até mesmo quando estão descansando. Quem sofre desta patologia, devido ao suor exagerado, encontra dificuldade na convivência social, e muitas vezes manifestam receio de contatos bem comuns, como abraço, aperto de mãos ou ficar perto de pessoas desconhecidas no transporte coletivo.

vencendo hiperidrose

Causas da Hiperidrose nas axilas

A hiperidrose primária é uma doença hereditária caracterizada, basicamente, pelo suor em excesso em determinadas regiões do corpo, principalmente, axilas, rosto, pés e mãos. Pode aparecer em qualquer fase da vida, mesmo quando ainda se é criança e até a fase adulta.

No caso da hiperidrose secundária – patologia revelada na fase adulta – são vários motivos e doenças que podem desencadear este problema, sendo eles o diabetes, as doenças de glândula hipófise, os tumores, a menopausa, o hipotireoidismo, a obesidade e até mesmo a reação de certos medicamentos.

As pessoas com hiperidrose secundária costumam suar até mesmo dormindo e em regiões corporais bem incomuns além das mãos, axilas, rosto e pés. Para o tratamento desta patologia, tudo depende do tipo de sudorese de cada paciente, por isso, é necessário o diagnóstico e indicações de um médico.

Estresse

O estresse é um fator considerado bem comum como fator de estímulo do suor excessivo. Uma das formas de como parar de suar nas axilas naturalmente é manter acalma e não se submeter a ambientes e situações que possam ativar o seu sistema nervoso de forma ruim.

No momento em que nosso organismo está passando por algum estresse, acontece uma elevação dos níveis sanguíneos em determinados hormônios, como a adrenalina, que provoca um estímulo das glândulas sudoríparas, resultando no suor em excesso.

Menopausa

Quando a transpiração em excesso acontecer com maior frequência à noite, é um indício da fase do climatério na menopausa, que vem acompanhada de intervalos com calor excessivo.

Tratamentos permanentes para hiperidrose

Para solucionar o problema de hiperidrose de maneira eficaz, muitas pessoas optam pela cirurgia, para que assim, a produção de suor nas regiões corporais seja completamente interrompida. Quem procura saber como parar de suar nas axilas naturalmente, por exemplo, evita essa prática com métodos caseiros.

Quando o caso tem menor gravidade, os desodorantes que contém teor de cloreto de alumínio alto costumam gerar resultados positivos. Outra forma é com uso de remédios de uso oral ou com a aplicação do botox, que mais especificamente é a aplicação de toxina botulínica. Estas são soluções cabíveis que podem interromper o suor excessivo por quase um ano.

Medicamentos naturais para hiperidrose

Em casos que a hiperidrose é considerada moderada, não muito grave ou em casos de pessoas que costumam suar bastante em alguns momentos, os medicamentos naturais são excelentes opções, pois além de não resultarem em efeitos colaterais, trazem muitos benefícios para a saúde.

Com ingredientes muito simples é possível resolver este problema, fazendo com que as pessoas se sintam mais confortáveis no decorrer dos dias.

Também é recomendado o uso de roupas de malha algodão, principalmente, blusas e meias. O algodão absorve o suor e, assim, fazendo com que a pele não fique irritada.

Infusão de folhas de Nogueira

A folha de nogueira contém fórmula adstringente e antisséptica, que controla o suor de maneira natural. Para o preparo de um medicamento natural os ingredientes são:

2 colheres de folhas de nogueira
½ litro de água

Modo de preparo

Em meio litro de água ferva as folhas de nogueira por cinco minutos, espere esfriar. Com um algodão ou uma toalha bem macia, umedeça na mistura e passe na região corporal em que acontece o suor excessivo. Isso pode ser feito também com folhas de eucalipto.

Infusão de Sálvia

A sálvia é encontrada no Brasil facilmente e, pode ser utilizada contra o suor em excesso. Para o preparo de um medicamento natural os ingredientes são:

2 folhas de sálvia
½ litro de água

Modo de preparo

Em meio litro de água ferva as folhas de sálvia, após esfriar, retire as folhas e beba o chá por no máximo duas vezes diariamente.

Bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio, além de sua infinita forma de uso na culinária ou na limpeza pode também ser usado como medicamento.

No combate ao suor excessivo, o bicarbonato pode ser usado da seguinte maneira:
Em um pouco de água misture o bicarbonato e, passe na região em que ocorre a transpiração depois do banho por até três vezes ao dia, deixe agir no local por cinco minutos e enxague.

Vinagre de maçã

A aplicação de vinagre de maça nas regiões afetadas pela sudorese, ajuda no controle deste suor exagerado. É necessário deixar o vinagre de maça agir por 20 minutos no corpo, após este tempo deve-se enxaguar bem a região.

Outra forma de utilizar o vinagre de maça no combate a sudorese é, beber 10ml de vinagre misturados em 20ml de água todas as manhãs meia hora antes de tomar café.

Chá verde

O chá verde contém fórmula adstringente e calmante. Os ingredientes para preparar um medicamento natural contra o suor excessivo, são:

1l de água
3 saquinhos de chá verde

Modo de preparo

Faça o chá de forma comum, fervendo o saquinho de chá na água. Após esfriar, utilize o chá para lavar os pés, as mãos, axilas e todas as regiões em que ocorre a hiperidrose. Em casos de aplicação facial, é recomendado o uso de algodão para ser passado na pele.

Água de lavanda com vinagre

Esses dois ingredientes misturados resultam em um desodorante líquido natural, que é excelente para dar fim ao suor excessivo nas axilas, além de combater o cheio ruim.

Modo de preparo

Em um recipiente, misture os ingredientes.

No período de uma semana, agite o recipiente para que haja uma mistura completa dos ingredientes. Após a semana, pode ser utilizado na região necessária sempre após o banho.

Suco de grama de trigo

Outra opção de medicamento natural muito eficaz para o tratamento contra o suor em excesso é, o suco de grama de trigo. Ele auxilia no balanceamento das toxinas e dos ácidos sanguíneos que geram o suor.

O suco de grama de trigo além de auxiliar nesse equilíbrio, contém muitas vitaminas do complexo B e nutrientes variados que auxiliam a normalizar a temperatura do corpo.

É recomendado beber de um a dois copos de suco de grama de trigo diariamente. Podendo ser administrado até que os resultados sejam satisfatórios.

vencendo hiperidrose

Esfoliação e poros fechados

Muitas vezes o suor excessivo é devido a poros fechados no nosso corpo. Os esfoliantes naturais fazem com que os poros se abram, contribuindo para a respiração da pele.

São inúmeros ingredientes bem eficazes usados para esfoliação, como por exemplo, o suco de limão, a aveia, o café em pó e o sal.

Qualquer um desses ingredientes pode ser usado para o tratamento contra a sudorese. É recomendado esfoliar a região afetada, até duas vezes por semana.

Uma dica muito importante é, quando o ingrediente escolhido for o suco de limão, é necessário evitar a exposição solar logo após o uso, pois existe a possibilidade de gerar manchas na pele.

       

Sauna

A sauna pode contribuir na eliminação da quantidade excessiva de toxinas do organismo, que pode gerar um problema de sudorese.

Além dessa contribuição, a sauna possibilita o relaxamento corporal e mental, fazendo com que a produção dos hormônios de estresse diminua.

Importante saber que este método é apenas recomendado para pessoas adultas e com uma ótima saúde.

Talco

Existem várias maneiras de utilizar o talco. A mais usada é para a absorção da umidade nas axilas e para acabar com as bactérias que geram o cheiro ruim.

Para o preparo de talco caseiro, utilize o amido de milho acompanhado de um ótimo óleo essencial. Pode ser aplicado nas axilas os dias que desejar, após o banho.

Sândalo Branco

Com base na cultura Ayurveda o pó de sândalo branco contribui para o controle de suor e, ajuda a deixar a pele seca. Nele contém diversas enzimas que ajudam a absorver a umidade excessiva da pele.

Por conter uma fragrância com aroma, ajuda a disfarçar o cheiro ruim gerado pelo suor em excesso do nosso organismo.

Para o preparo deste pó em favor da eliminação da transpiração aumentada, é necessário misturar uma colher de sopa com pó de sândalo branco com uma quantidade relevante de água fazendo com que seja formada uma pasta fina.

Após a pasta já preparada, misture suco de limão. É recomendado o uso dessa pasta nas regiões afetadas pelo suor sempre após o banho, deixando agir por uns cinco minutos e enxaguar.

Este tratamento natural pode ser usado uma vez ao dia até que o problema esteja resolvido.

Suco de tomate

O suco de tomate é, extremamente, rico em vitaminas antioxidantes, que auxiliam a normalizar as glândulas sudoríparas. Além de possuir fórmula adstringente que ajudam a normalizar o funcionamento correto dos poros, pois quando fechados bloqueiam a respiração da pele, gerando o suor excessivo.

Para as pessoas que sofrem com sudorese é recomendado beber, aproximadamente, um copo de suco de tomate fresco todos os dias por uma semana, após isso, diminuir a administração para meio copo ao dia por mais uma semana.

Outra dica é, sempre antes de tomar banho, com o auxílio de um algodão ou uma toalha macia, coloque o suco de tomate sobre as regiões afetadas pela transpiração excessiva e deixe agir por 15 minutos. Passado este tempo lave no chuveiro em água fria. Refaça esta aplicação todos os dias até notar melhora.

Limão

O limão é utilizado como um antitranspirante natural, sua ação no organismo ajuda a diminuir o cheiro ruim causado pelo suor exagerado e a amenizar a transpiração.

O modo de preparo para o uso em benefício do controle do suor exagerado é, em um copo com água coloque o suco de um limão, umedeça um pano macio nesta mistura e passe em todo o corpo por, aproximadamente, 25 a 30 minutos, após isso enxágue durante o banho em água fria.

Outra forma de uso, é a mistura de uma pasta lisa em uma mesma quantidade de suco de limão e bicarbonato de sódio.

Com o auxílio de um algodão, passe esta mistura nas regiões afetadas pela transpiração exagerada deixando agir por, aproximadamente, 20 minutos. Após este tempo enxágue com água fria.

Estes métodos podem ser utilizados todos os dias, até que haja melhora.

Uma dica importante é evitar a exposição solar logo após o uso, pois o uso do limão possibilita a chance de gerar manchas na pele quando expostas ao sol.

vencendo hiperidrose

Óleo de coco

O ácido láurico encontrado no óleo de coco, ajuda a acabar com as bactérias que geram o cheiro ruim devido ao suor exagerado.

Outro fator favorável é, devido à fragrância aromatizante deste óleo, o mau cheiro gerado pelo suor excessivo é substituído pelo cheiro doce do óleo de coco.

O uso pode ser, através de uma pequena quantidade de óleo de coco sobre as regiões afetadas pela sudorese todos os dias, principalmente, em dias quentes.

Alimentação que param de suar nas axilas

O suor exagerado nas axilas pode ter sido decorrência de muitos fatos. Entre as possibilidades, está a alimentação errada.

Por isso, uma boa alimentação ajuda muito no combate a este problema. Sendo um motivo a mais para consumir comidas saudáveis. Alguns exemplos benéficos são:

  • Frutas;
  • Verduras;
  • Carnes magras;
  • Grão integral;
  • Beber muita água todos os dias;

Consumir bastante água é sempre bom, pois, assim, ajuda a normalizar a temperatura corporal e a amenizar o suor exagerado.

Mesmo parecendo não ter nenhum sentido, existem sim, alimentos que dificultam no combate a transpiração exagerada.

Alguns exemplos que devem ser consumidos moderadamente são:

  • Alimentos picantes;
  • Cebola;
  • Fast food;
  • Alho;
  • Alimentos com muito açúcar;

É recomendado diminuir também, o consumo de cafeína, pois ela tem o poder de potencializar a adrenalina produzida no nosso organismo, estimula o sistema nervoso e eleva a temperatura do corpo, fatores que estimulam o aparecimento de sudorese.

Também é muito importante controlar o consumo de refrigerantes e chás que sejam à base de cafeína.

Dicas

Algumas dicas, extremamente, importantes para o controle da hiperidrose são:

  • Consumir muita água fresca todos os dias, pois auxilia a normalizar a temperatura corporal;
  • Evitar o uso de roupas fabricadas de poliéster ou nylon, porque prendem o suor;
  • Procurar usar roupas de tecidos como a seda e o algodão, porque possibilitam a respiração da pele;
  • Secar bem a axila ou qualquer região corporal em que o desodorante antitranspirante será aplicado;
  • Consumir alimentos ricos em vitaminas como as frutas e legumes;
  • Consumir alimentos ricos em zinco, ou suplemento vitamínico que contenha zinco;
  • Tomar banho todos os dias com o uso de sabonete antibacteriano;
  • Evitar o consumo de comidas picantes, porque elas aumentam a quantidade de suor produzido pelo organismo;
  • Consumir com moderação alimentos que estimulam o sistema de circulação do nosso corpo.
  • Tentar diminuir o estresse;
  • Usar shampoo seco auxilia no controle da transpiração do couro cabeludo;
  • Em casos de obesidade, tomar as devidas medidas para perder peso;
  • Evitar alimentações com muita gordura, fast food e processados em micro-ondas;
  • Não consumir em excesso a cafeína, por ser um fator favorável para o aumento do suor exagerado;
  • Todos os tipos de frutas são, extremamente, favoráveis;

Em casos que a transpiração exagerada é acompanha de falta de ar, repentina perda de peso ou dor no peito, recomenda-se a consulta com um médico, para as devidas soluções cabíveis.

Redução da transpiração em excesso

Existem diversas maneiras de diminuir a transpiração em excesso. Mesmo a cirurgia sendo a única opção definitiva e imediata, podem ser adquiridas várias outras formas e diversos produtos para amenizar esse problema de suor em excesso, possibilitando favoráveis situações de convivência social.

Utilizar desodorante antitranspirante é muito eficaz e não gera nenhum risco a saúde. O uso destes antitranspirantes, além de amenizar o mau cheiro gerado pela transpiração em excesso, ajuda a controlar o suor exagerado.

Um fator que impulsiona o problema de hiperidrose é o estresse. Tentar maneiras de controlar este comportamento é necessário para reduzir a transpiração excessiva. Para isso, existem medicamentos farmacêuticos e medicamentos naturais para ajudar no controle do estresse, como por exemplo, o chá verde.

Como fazer um desodorante caseiro?

Como já comentado, o desodorante antitranspirante é um método muito eficaz no combate à hiperidrose. Para produzir um desodorante caseiro é necessário:

½ xícara de amido de milho (75 g)
½ xícara de bicarbonato de sódio (75 g)
10 gotas de óleo essencial (preferência)
4 colheres de óleo de coco (60 g)

Modo de preparo

Em um recipiente deve-se misturar o amido de milho com o bicarbonato de sódio. Em sequência, colocar o óleo de coco e mexer bem até formar uma pasta.

Com a mistura toda feita, deixe o produto na geladeira por, aproximadamente, 3 horas ou até quando ficar bem sólido. Esta pasta deve ser utiliza como desodorante nas axilas sempre que necessário, principalmente, após o banho.vencendo hiperidrose

Desodorante natural com óleo de coco

O óleo de coco possui um aroma muito bom. Por isso, com o uso deste elemento, o cheiro ruim que o suor exagerado transmite é substituído pela fragrância aromatizante do óleo de coco.

Para produzir um desodorante antitranspirante natural com o óleo de coco, é necessário:

Em um recipiente coloque 2 colheres de manteiga de karité e 3 colheres de chá de óleo de coco . No micro-ondas deixe agir por 1 minuto para que esta mistura fique derretida. Com a mistura já preparada, adicione 2 colheres de chá com pó de araruta e 3 colheres de bicarbonato. Misture bem.

Esta mistura deve ser usada como desodorante antitranspirante sempre que for necessário.

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.