Botox Capilar Alisa? Conheça as Melhores Marcas!

O botox capilar, apesar do nome, não é botox e nem se injeta.

0 3.291

Se os seus cabelos estão opacos, sem brilho, com muito frizz e você tem usado diferentes tratamentos sem obter nenhum resultado positivo, é bastante provável que ainda não tenha experimentado o botox capilar, um novo e revolucionário tratamento de reparo intensivo.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, as principais informações sobre o assunto a fim de ajudar você a escolher um tratamento realmente capaz de manter a saúde e a maciez dos seus fios. Boa leitura!

O que é botox capilar?

O botox capilar, apesar do nome, não é botox e nem se injeta. Desde a sua origem há mais de 10 anos, o chamado “botox” (toxina botulínica) tem sido usado para combater problemas estéticos e de saúde.

Assim, rugas faciais e de expressão, sudorese excessiva das axilas, distonia cervical, estrabismo, piscar incontrolável e, até mesmo, incontinência urinária, têm sido objeto desses tratamentos.

O chamado “botox capilar” se aproveitou da popularidade das aplicações de botox que, em outros níveis, obtiveram grande sucesso. Sem embargo, só há em comum a busca pela maior vitalidade (neste caso, capilar) e um resultado semipermanente, uma vez que seus efeitos geralmente duram entre 2 e 3 meses.

Este “tratamento antirrugas capilar” não consiste, conforme mencionado, na aplicação de toxina botulínica, mas de vitaminas, aminoácidos, proteínas, ácido hialurônico e, sobretudo, colágeno.

Sendo assim, a sua utilização (principalmente em salões de beleza) tem algumas limitações óbvias em termos de expectativas e resultados.

Para realizar este tratamento, são recomendadas 4 sessões, com um intervalo de 15 dias entre elas.

Após a aplicação do produto, é normalmente utilizada uma touca térmica, bem como a realização de massagens para favorecer, por meio do calor gerado pelo contato dos dedos com o couro cabeludo, a penetração dos ingredientes específicos.

Esse coquetel de ingredientes, que devem ser 100% naturais, sem queratina ou formol, é aplicado sem agulha – diferentemente de um verdadeiro tratamento com botox – e tem como principais objetivos:

  • Revitalizar os fios quebradiços e enfraquecidos por tinturas, poluição e radiação solar, proporcionando uma hidratação profunda e uma nutrição completa que permite recuperar o brilho e a saúde capilar (embora não tenha efeito sobre pontas duplas);
  • Propiciar um efeito suavizante semelhante ao da queratina, embora sem ativos químicos – o que torna o botox capilar menos agressivo. Isso é especialmente interessante para as mulheres que alisam os cabelos frequentemente com secadores e chapinhas, que ressecam as fibras capilares;
  • Reduzir o frizz.
O botox capilar é uma escolha natural para cuidar dos fios.

Como fazer?

O processo leva cerca de uma hora a uma hora e meia, dependendo do comprimento e da quantidade de cabelo:

  1. Primeiro passo: lave o cabelo com um shampoo neutro para abrir as cutículas e garantir uma melhor absorção do produto, mas não aplique nenhuma máscara e nem enxágue com creme;
  2. Segundo passo: seque o cabelo com uma toalha para remover o excesso de água. Em seguida, divida o cabelo em camadas e aplique o produto a um centímetro da base do couro cabeludo, massageando mecha a mecha por toda a cabeça;
  3. Terceiro passo: uma vez terminada a aplicação do produto, coloque uma touca térmica ou de alumínio de aproximadamente 15 a 20 minutos;
  4. Quarto passo: transcorrido esse tempo, lave com água em abundância até que todo o produto tenha sido removido;
  5. Quinto passo: depois de enxaguar, seque os cabelos com um secador e passe a chapinha para selar o produto.

Botox capilar caseiro funciona? Como proceder?

O botox capilar caseiro funciona para quem tem cabelos frágeis e/ou opacos, danificados por quaisquer tipos de produtos químicos como tinturas, descolorações, reflexos etc.

Devolvendo o brilho imediatamente perdido pelos processos químicos, o botox caseiro funciona, também, para pessoas que têm o cabelo danificado pelos processos de alisamento.

Durante o verão, não é apenas o sol que resseca os fios, mas também o sal da água do mar e o cloro das piscinas. Nessas situações, o ideal é fazer o botox capilar antes de sair de férias, para proteger os cabelos desses danos externos.

Outra opção é fazer o botox capilar depois das férias – momento no qual, certamente, ele será mais necessário do que nunca (embora seja sempre melhor prevenir do que remediar) – para reparar os estragos feitos.

Um ponto extremamente positivo do botox capilar consiste no fato de que ele pode ser feito em qualquer tipo de cabelo. Afinal, você pode não ter feito nenhum tratamento químico em seus cabelos e, ainda assim, sofrer com pontas secas ou excesso de frizz. Para esses casos, o botox capilar também gera resultados muito bons.

Há, por exemplo, muitas mulheres que, ao engravidarem, perdem a maciez e o brilho dos fios. Algumas sofrem queda de cabelos por diversas vezes durante ou após a gravidez.

A boa notícia é que o botox capilar também funciona e pode ser usado por gestantes, à medida que o procedimento não utiliza nenhum componente químico como queratina ou elementos que possuam alguma porcentagem de formol (algo proibido pelos médicos durante a gravidez).

O que fazer para que os efeitos durem por mais tempo?

cabelo liso
Os verdadeiros produtos para botox nos cabelos não possuem formol em sua composição.

Por mais que a aplicação do botox capilar não requeira cuidados extremos para manter os benefícios do produto, é importante que você siga boas recomendações para estender seus efeitos.

A primeira coisa que deve ser evitada é lavar os cabelos todos os dias. Usar shampoo e condicionador diariamente pode reduzir os efeitos do botox capilar, de modo que o mais indicado é lavá-los, no máximo, de 3 a 4 vezes por semana.

Outra importante dica para manter os efeitos por mais tempo consiste em reduzir drasticamente o uso de secadores e chapinhas. Portanto, aproveite os benefícios do produto e arrisque-se a deixar os seus cabelos naturais. Certamente, valerá a pena!

Cuidados posteriores

       

Confira, a seguir, uma breve lista com excelentes dicas de cuidados a serem observados após a aplicação do botox nos cabelos:

  • Lavagem dos cabelos: é aconselhável lavar os fios com um shampoo e um condicionar específicos. O ideal é que estes produtos sejam livres de sal, a fim de manter os seus fios nas mais perfeitas condições;
  • Evite o calor: não permaneça exposta aos raios solares e às altas temperaturas por longos períodos depois de aplicar o botox capilar. Convém evitar utilizar secadores de cabelos, chapinhas etc;
  • Aplique hidratantes: em alguns casos, esses cremes podem deixar os cabelos muito oleosos, portanto, isso não deve ser feito regularmente. Usar um hidratante uma vez por semana (desde que você utilize normalmente o condicionador) já será o suficiente;
  • Pintar os cabelos e outros serviços técnicos: se você deseja mudar a cor dos seus cabelos, ou está considerando realizar qualquer outro tipo de intervenção mais agressiva, é recomendável executar, antes, um tratamento com botox capilar. Isso ocorre porque os serviços técnicos tendem a danificar as madeixas e o botox capilar será capaz de reestruturar os seus fios.

Tratamentos similares ao botox capilar

Os tratamentos similares ao botox capilar atualmente disponíveis no mercado são a queratina e o alisamento. Eles são considerados “semelhantes” porque nem os componentes presentes neles são os mesmos que os encontrados no botox capilar, isto é, não são tratamentos naturais, e ambos apresentam diferentes graus de formol.

No caso da queratina, o resultado é quase o mesmo daquele que pode ser alcançado com o botox capilar. Contudo, para tanto, ela altera a estrutura natural dos cabelos. Se você tiver cachos, por exemplo, o caimento das madeixas será completamente alterado e dificilmente voltará a ser como antes.

Realizar o tratamento com queratina em cabelos lisos fará com que os fios fiquem ainda mais retos e presos ao couro cabeludo – o que não é necessariamente algo ruim. Esse efeito deve ser considerado negativo apenas para as pessoas que não desejam que seus cabelos percam a naturalidade.

O alisamento, por sua vez, é um tratamento ainda mais forte do que o realizado com queratina ou botox capilar, alterando completamente o seu tipo de cabelo, devido à sua alta concentração de formaldeído, fato que leva os médicos a desaconselharem todos os tipos de alisamentos.

A Anvisa proíbe o uso de formol em produtos de alisamento.

O botox capilar tem formol em sua composição?

Existem muitos produtos que utilizam a nomenclatura “botox” e que contêm uma pequena porcentagem de formol, adulterando o resultado do que seria o verdadeiro botox capilar, que é totalmente natural.

Na prática, o botox nos cabelos não apresenta nenhuma desvantagem para quem o utiliza, desde que você saiba escolher bem o produto.

No mercado, há sempre alguns similares que, à primeira vista, podem enganar os compradores mais desavisados, porém, um exame mais atento demonstrará claramente que há enorme diferença entre suas propriedades.

Os efeitos colaterais do formol nos cabelos

Um número crescente de mulheres tem exigido tratamentos capilares livres de formol. A razão são os efeitos secundários do formaldeído nos cabelos.

Para se ter uma ideia, apenas no ano passado, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) retirou quatro alisantes do mercado. O motivo: todos continham altos níveis da substância em suas composições.

O formaldeído é um composto derivado do álcool e, portanto, volátil e inflamável. Quando dissolvido em uma certa porcentagem de água, surge o que conhecemos como formol.

Em produtos cosméticos, o formaldeído existe em estado líquido, como a formalina. Ao ser aquecido durante um tratamento capilar, ele se converte em gás e fica instável: muito perigoso quando absorvido ou inalado.

Os riscos não são apenas para aqueles que passam pelos tratamentos capilares, englobando também os profissionais que lidam diariamente com os produtos.

Em baixos níveis, o formaldeído usado em tratamentos capilares pode causar irritação na pele e nos olhos, podendo, inclusive, interromper a gravidez e causar tonturas.

Tenha em mente que o formol é um “sensibilizador”, o que significa que ele pode vir a causar reações alérgicas na pele, olhos e pulmões, bem como provocar graves problemas respiratórios semelhantes à asma e, ainda, erupções cutâneas e fortes coceiras.

Em níveis mais elevados, como nos casos de exposição crônica, o formaldeído pode causar a formação de câncer nas vias respiratórias e no sangue, como leucemia e linfomas.

Com base nesses efeitos nocivos, muitos países estão adotando medidas rigorosas para proteger a saúde dos trabalhadores dos salões de beleza e de seus clientes de produtos quem contenham formol.

Dessa forma, foram estabelecidos níveis que limitam, legalmente, a concentração da substância que pode ser encontrada, sobretudo, em produtos como os alisadores. É altamente recomendável redobrar a atenção quanto aos rótulos e embalagens do produto.

O formaldeído pode aparecer “disfarçado” como formalina, óxido de metileno, metilenglicol, paraformaldeído fórmico, metanol, oxometano, oximetileno, ácido timonácico, tiazolidina carboxílico, entre outros.

Todavia, não é necessário se preocupar em demasia: os alisamentos feitos com os produtos certos são processos completamente seguros.

As melhores marcas de botox capilar são seguras e eficazes.

As melhores e mais famosas marcas de botox capilar

O botox capilar é o tratamento ideal para pessoas que usam tinturas regularmente, pois seu objetivo principal é recuperar os fios danificados pelos elementos químicos das tintas.

Como há muitos produtos no mercado de beleza capilar, abordar as diferentes características das marcas disponíveis é uma tarefa delicada.

Embora nem todos causem os mesmos efeitos em cada pessoa, existem alguns que vão além da qualidade e oferecem a garantia de que, ao adquiri-los, você fará uma boa escolha. Entre eles, destacam-se:

  • Botox Capilar Primont: é uma marca argentina que recupera a saúde dos cabelos, reduz o frizz, proporciona hidratação, estimula seu crescimento e elimina pontas duplas;
  • Botox Capilar L’oreal: capaz de entregar a hidratação extra que os seus cabelos precisam;
  • Botox Prismax capilar: esta marca promete um choque nutricional. Cada ampola rende até quatro aplicações;
  • Cabelo profissional Botox BTX Hair Innovatis: é um tratamento à base de aminoácidos, vitaminas, colágeno, extrato de caviar, óleo e ingredientes ativos de alta qualidade e concentração. Oferece reparo imediato desde a primeira aplicação;
  • Botox capilar da Caxemira: é um botox capilar em ampolas de 10 unidades. Ele promete reconstruir o cabelo e evitar sua queda;
  • Botox capilar Tahe: promete brilho infinito, fios densos e extrema suavidade. É uma combinação de cabelo em ouro líquido e ácido salicílico que preenche a fibra capilar;
  • Botox capilar Majestic: é o botox capilar que alisa o cabelo, hidrata a cutícula e devolvendo seu volume natural.

Estas são as melhores marcas de botox capilar, todas altamente recomendadas por especialistas e estilistas de vanguarda. Atreva-se a experimentar uma delas!

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.