Benefícios da Cebola: Roxa, Branca, Cabelo, Pés, Emagrece?

0 3.172

Depois de muito tempo buscando saídas milagrosas com compostos químicos variados, procurando soluções em manipulação de produtos que pouco conhecemos e colocando nossa saúde em risco, começamos a aprender que a natureza tem os melhores remédios possíveis. Frutas, verduras e legumes ganharam relevância na prevenção de diversos malefícios, no auxílio ao combate de doenças e como uma opção viável em tratamentos de beleza. Um desses agentes milagrosos tem nome, é a cebola. Hoje veremos os benefícios da cebola e todas as suas propriedades.


Propriedades da cebola

Primeiramente vamos conhecer um pouco sobre o nosso objeto de estudo. A cebola é um bulbo da família alliaceae. Cada 100 gramas de cebola rende o equivalente a 33 calorias e conta com grande quantidade de proteína (1,5g), potássio (180mg), fósforo (45mg) e cálcio (35mg).

Um dos benefícios da cebola é que ela não possui efeitos colaterais, agindo de forma positiva no intestino, porque atua contra centenas de patógenos sem alterar a flora microbiana.

As cebolas mais comuns no Brasil são branca (ou pêra), pérola e roxa.

A cebola branca (ou pêra) é a mais utilizada aqui no Brasil. Ela é grande, cheia de sabor intenso e muito ácida. Por esse motivo é recomendável utilizá-la em receitas refogadas, porém muitos a usam crua em saladas, por exemplo. A cebola pérola é a famosa cebola em conversa. Ela possui um sabor um pouco mais adocicado. Por último temos a cebola roxa, de sabor ainda mais adocicado, ideal para se comer crua.

Você sabe a diferença de cada uma delas? Veja as propriedades e os benefícios da cebola segundo o seu tipo.


Cebola Branca


Como já falamos acima, a cebola branca tem sabor mais intenso, sendo mais utilizada em receitas que a cozinham (refogada, frita ou assada) do que em sua forma crua. Mas além do sabor e das inúmeras possibilidades de refeições a partir dela, os benefícios da cebola branca se destacam e chamam a atenção.  

– Melhora a circulação: por ter grande quantidade de quercetina, ela aumenta o fluxo sanguíneo, reduzindo assim a incidência trombose, envelhecimento das artérias e a formação de varizes.

– Excelente no combate a anemia: você encontra nutrientes essenciais para erradicação da anemia como fósforo, ferro, vitamina E e vitamina C.

– Expectorante da natureza: aliando a vitamina A com a C, a cebola aumenta a resposta imunológica do seu organismo, combatendo infecções respiratórias, além de auxiliar no tratamento de resfriados e bronquite.    

– Controla a hipertensão: por ser rica em potássio, ela ajuda a diminuir a retenção de líquidos causada pelo excesso de potássio. Comer a cebola na sua forma crua ajuda a reduzir níveis elevados de pressão arterial, a tratar a gota e o cálculo renal.

– Controle do açúcar: para pacientes que sofrem com altos níveis de açúcar em seu corpo, a cebola tem bom teor de glocoquinina, que é uma espécie de insulina vegetal. Consumindo bem fresca, ela ajuda a estimular a produção de suco pancreático.

– Deixa seu sistema digestivo em ordem: por ter compostos antioxidantes atua na eliminação das toxinas acumuladas no cólon. É estimulante para a adequada absorção dos nutrientes. Por ser alcalina, ajuda a neutralizar os ácidos e a produzir suco gástrico para a digestão.

– Imunidade em alta: por ter grande quantidade de vitamina C, a cebola ajuda a criar e ativar barreiras contra vírus e outras doenças que atacam o organismo.

– Bom para dor de cabeça: a quercetina mencionada anteriormente também atua como analgésico para aliviar dores de cabeça ou outros problemas relacionados a tensão.

– Regulador do sistema nervoso: com a vitamina B e o potássio em ação, os impulsos nervosos têm sua geração e transmissão muito melhor adequados. O magnésia presente na cebola também favorece o sistema nervoso, além de ajudar no relaxamento muscular.

– Combate o envelhecimento precoce: por ter antioxidantes, compostos sulfurosos e flavonoides, a cebola é excelente para inibir danos causados por toxinas. Por isso consuma a cebola branca diariamente.       

Cebola em conserva


Uma forma excelente de absorver todos os nutrientes e benefícios da cebola sem precisar comê-la crua é através da conserva. Além de nutritiva, pode ser muito saborosa. A cebola mais comum de se fazer conserva é a cebola pérola ou bebê. Por ser de menor tamanho, não há a necessidade de cortá-la para colocar em um pote. Além das propriedades já mencionadas acima, a cebola em conserva guarda mais alguns segredos:

 


– Redução dos sintomas de estresse;
– Melhora significativa no risco de acidente vascular cerebral;
– Emagrecimento;
– Possui efeito anti-inflamatório.

Para você aproveitar todo o potencial da cebola em conversa, vamos deixar aqui uma receita especial:

Ingredientes

– Cebolinhas (em torno de 20)
– 500 ml de vinagre
– 500 ml de água
– 3 colheres de sopa de sal
– 50 ml de azeite
– 2 dentes de alho
– 3 folhas de louro
– 1 colher de sopa de pimenta do reino (sem moer)
– 1 colher de sopa de pimenta calabresa
– 1 colher de sopa de sementes de mostarda
– 1 colher de sopa de orégano
– ½ colher de cravo da índia

Modo de preparo

– Descasque as cebolas e ferva numa panela com água por 5 minutos, para perder um pouco da acidez
– Em outra panela ferva todos os ingredientes restantes (água, vinagre, orégano, azeite, alho, louro, pimenta calabresa, pimenta do reino, sementes de mostarda, sal)
– Coloque as cebolas no frasco e em seguida coloque a solução fervendo por cima
– Espere esfriar e feche a tampa
– Coloque na geladeira e consuma preferencialmente após 3 semanas


Cebola Roxa

 

A cebola roxa tem muitas propriedades que já abordamos anteriormente, como: ferro, fósforo, magnésio, potássio, vitamina B e C. Elas são importantíssimas em prevenção de doenças, em tratamentos de doenças crônicas e também para evitar envelhecimento precoce. Os benefícios da cebola roxa não param por aí. Um deles é a diminuição do nível do colesterol ruim presente no sangue. Mas tem muita coisa boa para você aprender sobre esse poderoso alimento!

Caso você não saiba, alimentos com a coloração roxa com uvas, berinjelas, amoras e repolhos tem uma substâncias incrível conhecida como antocianina. As antocianinas pertencem à família dos flavonoides e elas atuam em nosso organismo com antioxidantes. Em outras palavras queremos dizer que esses alimentos reforçam o nosso organismo e ajudam a combater os radicais livres. A partir de agora você sempre vai querer um alimento roxo na sua mesa, que tal começar com a cebola?

Se passar a consumir a cebola roxa, você ganhará inúmeros benefícios, entre eles:

– Prevenção do aparecimento de doenças cardiovasculares;
– Auxilia no combate a certos tipos de câncer;
– Possui função anti-inflamatória;
– Reduz o nível de colesterol ruim e triglicerídeos no sangue;
– Ajuda na prevenção do Alzheimer;
– É ótimo contra doenças respiratórias como bronquite e asma;
– Elimina líquidos e dificulta o acúmulo de gordura corporal;
– Excelente para pele e cabelos.

Outros benefícios da cebola roxa que recentemente foram descobertos são:

Ossos – o teor de cobre encontrado na cebola roxa aumenta a densidade óssea, segundo estudos realizados. Isso é muito interessante para as mulheres, que sofrem bastante com a perda óssea durante a menopausa, reduzindo os riscos de quebra de quadril nesse período.

Prisão de ventre – a ingestão de uma cebola roxa média dá 10% do consumo diário de fibra alimentar necessário para o dia. Isso já evita as famosas prisões de ventre que são causadas pela baixa ingestão de fibra alimentar, algo muito comum aqui em nosso país.

Tecido conjuntivo – outro benefício da cebola é na saúde do tecido conjuntivo. Por ser rica em enxofre, a cebola ajuda na criação dos glicosaminoglicanos (a família mais importante de moléculas do nosso tecido conjuntivo) que exige muito enxofre em sua produção.


Câncer – um benefício da cebola que tem sido repetido constantemente é o da prevenção ao câncer. Segundo estudos o consumo de apenas meia cebola roxa por dia pode ajudar na prevenção de cânceres como: bucal, de esôfago, ovário e laringe.

 

A recomendação de ingestão da cebola varia de pesquisa para pesquisa. Porém o mínimo necessário para começar a sentir os efeitos é algo em torno de ¼ de cebola por dia indo até o ideal que é 1 cebola roxa por dia. Comece agora mesmo e sinta os benefícios da cebola em sua dia a dia.

A cebola e o cabelo

 

       

Sabemos que produtos cosméticos tem agentes químicos que se por um lado auxiliam no processo de embelezamento podem trazer consequências desagradáveis. Você já tem lido nesse artigo o quanto a ingestão diária de cebola é benéfica para a nossa saúde. Mas agora mudaremos o foco e falaremos sobre a cebola agindo em outra parte do corpo, o seu cabelo.

Muito tem se falado sobre os benefícios da cebola para o cabelo. Afinal de contas ela ajuda no crescimento?  Ela hidrata? Ela acaba com a caspa? Evita a queda de cabelo? Veja aqui o que a cebola pode fazer pelo seu cabelo.

Você já leu aqui que a cebola é rica em enxofre, um mineral poderoso e de grande utilidade para a revitalização das células do nosso corpo. Como a enxofre auxilia na circulação sanguínea, isso ajuda também aos folículos capilares, que são estimulados, fazendo com que seu cabelo cresça com mais força.

Outra função importante do enxofre é de ser antibacteriano, eliminando as toxinas que ficam armazenadas em nosso couro cabeludo durante o dia a dia. Restos de tinturas, de produtos, sujeira, sebo, caspa e diversos outros agentes presentes em nosso couro cabeludo dificultam seu crescimento e o deixam com a aparência de mal-tratado. O enxofre desintoxica e pode eliminar esses agentes do seu cabelo.

Uma pesquisa de 2002 do Journal of Dermatology publicou um estudo importante sobre o uso da cebola no combate à alopecia areata (que tem como característica a perda de cabelos em algumas áreas).

Algumas pessoas foram submetidas ao teste com um suco de cebola sendo aplicado no couro cabeludo duas vezes ao dia. O resultado surpreendeu a todos, com crescimento de fios acima da média nas áreas afetadas.

Ou seja, a cebola ajuda não só no crescimento do cabelo, mas também evita o enfraquecimento e queda de cabelo ao limpar as toxinas, a hidratar e revitalizar o cabelo devido ao aumento de fluxo sanguíneo na região do couro cabeludo.

Se você teme o mau cheiro que a cebola pode trazer ao seu cabelo, te daremos aqui três receitas para que seu cabelo fique forte, hidratado, com vida e sem cheiro.

Cebola e mel

Essa receita combina a eficiência da cebola com a fragrância do mel. Ela é muito simples e pode ser usada sempre antes de dormir. Você vai precisar de: uma cebola e uma colher de sopa de mel. Para preparar, siga as instruções:

– Descasque e corte a cebola em pequenos pedaços;
– Bata em um liquidificador;
– Misture em uma tigela o suco e o mel;
– Para aplicar umedeça o cabelo em água morna;
– Massageie o couro cabeludo enquanto aplica a solução.

Água de cebola para banho

Outra receita é ferver a cebola junto da água para usar antes de lavar seu cabelo com shampoo. A receita é simples e usa cebola, alho e dois paus de canela (para deixar um cheiro agradável). Ferva os três juntos, pegue a água da fervura e use durante o banho.

Mistura para shampoo

Uma solução para hidratar o seu cabelo e usar os benefícios da cebola é misturá-la com o seu shampoo. Bata uma cebola média sem casca no liquidificador com três colheres de água e misture com um shampoo sem sal. Detalhe, coe a cebola batida para retirar os resquícios. Depois de lavar com esse shampoo pode usar o condicionador normalmente.

Cebola para os pés


Uma outra região que pode se beneficiar do uso da cebola é a dos pés. Infelizmente os pés são quase esquecidos quando o assunto é saúde. Só lembramos quando há um incômodo grave, mas raramente acabamos indo ao médico.

O fato é que na sola dos seus pés existem terminações nervosas que se ligam a todos os seus órgãos vitais. Coração, pulmão, sistema digestivo, audição, visão, coluna e muitos outros encontrar conexão com o que chamamos que meridianos. A reflexologia e a acupuntura já usam essas terminações para ajudar a cuidar de problemas de saúde do corpo inteiro. Veja também os benefícios da cebola para os seus pés.

Infecções – já vimos as propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias da cebola, aqui no pé também pode ser de grande ajuda contra infecções. Basta dormir com fatias de cebola em seu pé e ver que ela ajudará no tratamento.

Eliminação de Toxinas – O fósforo presente na cebola é ideal para eliminar as toxinas que se acumulam no sangue durante o passar do tempo. Utilizando a cebola de forma regular na planta dos pés, ocorrerá a diminuição dessas toxinas na corrente sanguínea.

Sistema imunológico – O sono é uma das tarefas que mais recompõem o corpo para o outro dia. Nesse período nosso corpo trabalha para colocar tudo em ordem, inclusive seu sistema de defesas. Por ser rica em Vitamina C e E (essenciais no sistema imunológico), a cebola na planta dos seus pés pode ajudar a atrasar o envelhecimento celular.

Mas como dormir com cebola no quarto? Não vai ficar um cheiro muito forte e prejudicar o sono?

Primeiramente para dormir com cebola em seus pés, tem que haver uma preparação:

– Corte uma cebola em tiras (pode ser de qualquer tipo que você encontrar com maior facilidade)
– Coloque na parte arcada do seus pés (onde ficam os pontos meridianos)
– Calce seus pés com meias
– Para evitar o mau cheiro você pode usar desodorizadores de ar, uma infusão de cítricos e cravos ou mesmo algum material de aço inoxidável nos pés.  

A frequência pode variar de situação para situação. Porém o mínimo necessário é de uma vez na semana. Isso já é o suficiente para ajudar em diversos pontos do seu corpo e melhorar sua saúde como um todo.


Benefícios da cebola e a mística do emagrecimento


A eterna luta contra o peso pode ter um aliado importantíssimo, a cebola. Se você há tempos vem lutando para se manter no peso ou precisa perder uma grande quantidade, a cebola, junto de uma dieta balanceada, pode te ajudar no processo.

Já vimos acima que a cebola diminui o nível de gordura e também evita a retenção de líquidos. Isso tudo aconteceu porque a cebola possui antioxidantes que ajudam o seu corpo a eliminar as toxinas presentes em corpo. Só essa eliminação já ajudaria no processo de emagrecimento.

O enxofre é um dos principais nutrientes para a “limpeza” do seu organismo. Os aminoácidos de enxofre encontrados na cebola são chamados de metionina e cistina, sendo excelentes para desintoxicar seu corpo de metais pesados. Esses aminoácidos são capazes de levar embora consigo metais como mercúrio, cádmio e chumbo, lançando-os para fora do nosso corpo.

Outro ponto a favor da cebola é sua quantidade calórica, de apenas 33 kcal a cada 100 gramas. Ou seja, pode “abusar” da cebola em suas receitas que elas continuarão te mantendo em forma.  Como falamos acima, a cebola pode ajudar no processo de emagrecimento, mas ela por si só não terá efeito se não for acompanhada de uma dieta saudável e exercícios. Mas substituir alimentos altamente calóricos por cebola pode ser um belo início.

Outro benefício da cebola é sua quantidade de fibra alimentar, que ajudar no processo de evacuação do intestino e o que diminui também o peso residual. A cebola contém uma forma especial de fibra, chamada de frutano. Quando você consome essa fibra, ela se transforma em seu organismo em ácido graxos. Esse ácido funciona como um laxante natural, estimulando seu intestino. O frutano ainda contribui para o crescimento de boas bactérias em seu intestino, fazendo com que o funcionamento dele fique ainda mais dia.

Veja uma deliciosa receita de sopa de cebola com batata doce:

Ingredientes

1 pote de iogurte desnatado;
1 caixinha de creme de leite light;
2 batatas doces médias;
5 cebolas grandes;
Alho a gosto;
Azeite;
Sal a gosto.


Modo de preparo

– Cozinhe as batatas e cebolas numa panela de pressão;

– Acrescente sal;
– Bata no liquidificador até ficar cremosoa;
– Adicione o iogurte e o creme de leite;
– Numa panela junte o óleo e o alho;
– Deixe dourar e misture com o seu creme.

 

Malefícios da cebola


Depois de vermos tantos benefícios da cebola, chegou a hora de saber de alguns malefícios que ela pode vir a causar.


O primeiro deles é a questão do mau hálito. Sim, isso pode ser contornado. Por isso o cuidado com a higiene bucal deve ser redobrado para quem está ingerindo cebola com frequência. Outro malefício do vegetal é a que em alguns casos a acidez da cebola pode causar irritação na parede do estômago. Nestes casos a ingestão da cebola deve ser controlada.


Qual a melhor forma de ingerir a cebola? Cozida, assada, frita, crua ou em conserva?


A cebola possui uma diversidade inimaginável em seu preparo: refogada, batida na sopa, assada, frita, temperada na salada, em conserva e por aí vai. Mas qual é o melhor jeito de se comer. Em qual deles a cebola conserva todos os nutrientes?

Sabemos que alimentos cozidos, fritos e assados tendem a perder um pouco de seus nutrientes, já que o calor e processos de preparação acabam tirando o produto de seu formato natural. Ou seja, quanto mais tempo de preparo, maior é a perda de nutrientes.

A forma em conserva já abordamos no texto e ela tem muitos benefícios para a saúde. Porém a forma natural ou crua é a que mais conserva seus nutrientes. Há diversas maneiras de diminuir a acidez da cebola para ingeri-la crua. Uma delas é deixar a cebola de molho em uma solução de água fria e limão por 5 minutos. Outra forma utiliza água fria e uma colher de chá de açúcar para cada cebola. Por último também é possível utilizar água fria combinada com vinagre. Nessa solução é ideal que a cebola já esteja cortada no tamanho que irá utilizar no alimento.

Em todos esses procedimentos é indispensável lavar com água corrente ao final. Esse processo te ajudará a comer a cebola in natura e te trará ainda mais nutrientes para sua saúde ficar em dia.

Os benefícios da cebola são enormes e agora você já sabe tudo o que precisa para ter uma vida mais saudável com esse importante aliado.

Recomendados Para Você:

       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.