Vai ao Rio de Janeiro? Saiba quais pontos não pode deixar de visitar

Existem cerca de 20 milhões de pessoas com idade acima de 60 anos no Brasil, o que representa 10,5% da população. Estes dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que aponta ainda para o fato de que, embora muitos idosos não estejam mais atuando no mercado de trabalho, são eles que movimentam a economia do país em diferentes setores.

Consequentemente, a terceira idade se tornou o público mais cobiçado pelo turismo brasileiro. Não é à toa que muitas agências de viagens oferecem pacotes com vantagens cada vez mais acessíveis e tentadoras ao orçamento dos aposentados. E não é só isso! O ministério do Turismo lançou um programa chamado “Viaje Mais”, a fim de estimular brasileiros acima de 60 anos a viajarem pelo Brasil em período de baixa temporada. O que inclui pacotes e descontos especiais em hospedagem.

Sendo assim, com todas essas vantagens, que tal tirar uns dias para conhecer o Rio de Janeiro? A cidade maravilhosa é sim cheia de encantos mil, como já dizia a letra da música. Além de praias exuberantes para aproveitar os dias de calor, o Rio conta com uma diversidade cultural que fervilha no período noturno em alguns endereços, sem contar a sofisticação de hotéis e restaurantes.

Desde que foi eleito para sediar as Olimpíadas de 2016, em outubro de 2009, o Rio concentra as atenções de pessoas ao redor do mundo o que tem atraído muitos turistas estrangeiros. Para se ter uma ideia, a cidade está no ranking dos 100 destinos mais visitados do mundo. Então, vale a pena conferir o que cidade tem de melhor para a terceira idade.

Selecionamos alguns pontos que você não pode deixar de visitar ao passar pelo Rio de Janeiro. Confira:

Cristo Redentor

É impossível passar o Rio e não fazer uma visitação a um dos pontos turísticos mais famosos do mundo. A subida – em 360 graus – até o Cristo é feita em um trem que atravessa uma área preservada, o Parque Nacional da Tijuca, permitindo avistar melhor a geografia da cidade. Do alto é possível avistar as praias da zona sul carioca, a Lagoa Rodrigo de Freitas, a Baía de Guanabara, o Maracanã e demais ícones da cidade. Para quem está acima dos 60 anos, a boa notícia é que desde 2002, quando foram implantados três elevadores panorâmicos e quatro escadas rolantes, não é mais necessário subir os 220 degraus que dão acesso ao pé da estátua.

Pão de Açúcar

É outro local que não pode ficar de fora do passeio que tem escala no Morro da Urca. Dos seus 396 metros de altura é possível ter uma visão mais do que privilegiada da zona sul carioca. Já no solo, o visitante também tem vista para a Praia Vermelha. Uma visão espetacular a parte.

Teatro Municipal do Rio de Janeiro

Inaugurado em 14 de julho de 1909, o Theatro Municipal é um dos mais imponentes e belos prédios da cidade carioca. Erguido de frente para a Praça Floriano, conhecida como Cinelândia, no centro da cidade, ele é a principal casa de espetáculos do Brasil e uma das mais importantes da América do Sul. Além disso, em sua programação sempre contra com concertos e orquestra sinfônica para aqueles que são amantes da música clássica.

Bonde de Santa Teresa

Fundado há mais de cem anos, ele executa o trajeto através do tradicional bairro boêmio do Rio de Janeiro. Muitos não sabem, mas além de encantar, o bondinho serve como meio de transporte para os moradores da região. A vantagem é que o passeio pelo bondinho é gratuito.

Comentario (0)
Adicionar Comentário