Alimentos que ajudam o cérebro

1 1.966

Sempre ouvimos falar que uma alimentação adequada fornece a energia necessária para as atividades do dia a dia e nos ajuda a preservar a saúde, não é mesmo? Por isso, hoje, vamos conversar sobre alguns alimentos, em especial, que proveem os nutrientes responsáveis pela manutenção das células do nosso cérebro, fundamentais para uma boa memorização.

Quando uma pessoa frequentemente se esquece de algo ou apresenta dificuldades de concentração, excluindo-se as doenças que acometem o cérebro e suas funções (como a memória), é provável que estejam faltando determinados tipos de nutrientes em sua dieta, importantes para a saúde do cérebro e manutenção da boa memória, diz um estudo da nutricionista Patrícia Davidson. Assim, se a cabeça vive “dando brancos”, é um sinal de que nos esquecemos de colocar alguns alimentos no prato. Afinal, um cérebro afiado depende de uma dieta saudável.

E, então, vamos conhecer hoje três nutrientes importantes para o funcionamento do nosso cérebro?

O primeiro é a Colina. Nutriente essencial ao organismo, pois facilita a comunicação entre os neurônios (células presentes no cérebro e em regiões que constituem o sistema nervoso). A colina colabora com a formação de membranas celulares e serve como fonte de energia para o nosso cérebro quando participa da construção de novas células cerebrais e na reparação daquelas que foram lesionadas.
Onde encontramos COLINA? Na gema de ovo, em grãos (arroz, centeio, gérmen de trigo, feijão e soja), e também em peixes.

O segundo é a Fisetina. Nutriente envolvido nos processos de crescimento, desenvolvimento e reprodução dos organismos. Estimula a formação de conexões neuronais novas e muito mais fortes. E induz a diferenciação ou amadurecimento das células do sistema nervoso que potencializam a formação de memória por longo prazo. Ou seja, potencializa a memória e outras funções cognitivas!
Onde encontramos FISETINA? Principalmente nas frutas, como morango, pêssego, uva, kiwi, tomate, maçã e também no espinafre e na cebola.

       

Leia Também:

O terceiro é a Fosfatidilserina. Apesar do nome complicado, é um importante nutriente! É um fosfolipídio (um tipo de gordura natural adicionada de fósforo) que está presente na membrana de todas as células cerebrais. E ela garante que haja boa comunicação entre as células, garantindo um bom funcionamento cerebral. Além disso, auxilia a reduzir os níveis de cortisol no organismo, diminuindo seu impacto negativo no cérebro. Sabiam que o cortisol é considerado o hormônio do “stress”? O excesso de cortisol é prejudicial para o processo de consolidação da memória. Portanto, ao reduzirmos a quantidade de cortisol em nosso organismo, consequentemente aumentamos o nosso poder de memorização!
Onde encontramos FOSFATIDILSERINA? Em carnes (fígado, coração de frango) e peixes (atum e no bacalhau), mas também na cenoura, batata e arroz integral. Portanto, quem é vegetariano também tem suas fontes de fosfatidilserina.

Por fim, lembram-se do que falamos numa publicação anterior? Manter a memória preservada é importante para a promoção da independência e autonomia das pessoas, pois colabora para se alcançar um envelhecimento ativo e saudável. Então, atenção à alimentação, fiquem atentos aos nutrientes que apresentamos!

Texto por: Thais Bento Lima, Eva Bettine e Tiago Nascimento Ordonez (Gerontólogos pela USP e Diretores da Associação Brasileira de Gerontologia).

 

COMENTE COM OS AMIGOS DO SITE:
Use a caixa de comentários abaixo para trocar idéias com os leitores do site. Muitas pessoas podem interagir com você.

       
1 comentário
  1. […] Alimentos que ajudam o cérebro […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.